Talitha Benjamin

5 motivos pelos quais a adoção de cachorros e gatos é um ato de amor

É difícil encontrar alguém que não ama ver vídeos online de bichinhos de estimação, mas você já pensou em ter um companheiro em casa? Ter um pet vai muito além de ter um animal para te fazer companhia.

O número de animais abandonados no Brasil preocupa. Segundo a Organização Mundial da Saúde, 30 milhões de bichinhos vivem na rua, sendo aproximadamente 10 milhões de gatos e 20 milhões de cachorros. Abandonados, eles são sujeitos à violência humana, frio, chuva, entre outros perigos.

Adotar um companheiro peludo pode salvar a vida dele, e melhorar e muito a sua. Capazes de um amor e entendimento incondicional, os animais proporcionam distração, conforto, ocupação, companhia, rotina e motivação. Prova disso é que o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, libera visitas dos pets aos pacientes, até mesmo para os que estão internados em terapia semi-intensiva.

Confira 4 motivos pelos quais a adoção de animais de estimação é um ato de amor:

Reduz o estresse

adoção de cachorro

Diversos estudos apontam que ter um bichinho pode contribuir para diminuir o estresse diário. Recentemente, pesquisadores americanos anunciaram que interagir e acariciar um cachorro por apenas 10 minutos já resulta em uma baixa significativa no nível de cortisol, o principal hormônio ligado ao estresse. Ou seja, o carinho e o amor incondicional de bichinho por perto pode te ajudar a experimentar emoções mais positivas.

Faz bem para a saúde

Segundo pesquisas dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e do Instituto Nacional de Saúde (NIH), nos Estados Unidos, cuidar de um bichinho ajuda a regular a pressão sanguínea, o colesterol e o triglicérides, consequentemente reduzindo o risco de doenças cardiovasculares. Além disso, os cães são capazes de detectar doenças graves em estágios iniciais, como o câncer, por exemplo. Também nos Estados Unidos, uma ONG chamada Dogs4Diabetics fornece animais treinados para detectar diabetes através do olfato. Apesar de não haver um consenso científico sobre o efeito, um método de prevenção a mais em forma de um amigo peludo não atrapalha.

Aumenta a atividade física

As caminhadas com o seu pet fazem bem para ambos! O consenso entre pesquisadores e especialistas é de que a atividade física realizada com animais de estimação ajudar a prevenir a obesidade e a manter a boa forma. As caminhadas, exercícios e outras atividades também são ótimas para que o animal gaste energia e aprenda disciplina.

Melhora a saúde mental

Adote um cachorro

Que os animais de estimação ajudam a reduzir os níveis de estresse, já mencionamos. Mas os efeitos não param por aí: inúmeras pesquisas apontam que cuidar de um bichinho ajuda a diminuir os sentimentos de solidão, tristeza e baixa autoestima, já que os donos costumam produzir mais hormônios ocitocina, prolactina e a serotonina, essenciais para melhorar o humor. Consequentemente, os pets são ótimos aliados no combate à doenças como depressão e ansiedade. Muitos pacientes que sofrem de distúrbios mentais utilizam um animal treinado especialmente para auxiliar em momentos de crise como suporte emocional.

Você pode estar salvando uma vida

O número de animais abandonados no Brasil é absurdamente grande, com novos bichinhos sendo abandonados a cada dia. Optar pela adoção de cachorros e gatos, ao invés de financiar o cruel comércio de animais de raça permite que você dê uma nova oportunidade e uma vida digna para ele, além de todos os benefícios que a convivência pode proporcionar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *