Talitha Benjamin

Entenda o papel da alimentação na sua saúde

Alimentação e saúde

A frase “você é o que você come” já é bem clichê, mas faz bastante sentido quando pensamos que a alimentação e saúde estão diretamente ligadas e que o nosso bem-estar depende muito da qualidade das comidas que ingerimos no cotidiano.

O assunto gera tantas pesquisas e debates entre estudiosos da área que, hoje em dia, existem muitos mitos e lendas sobre a alimentação, o que leva a muitas pessoas a adotarem dietas e hábitos que oferecem um real risco à saúde, considerando que os alimentos que consumimos afetam diretamente no bom funcionamento do organismo.

Conversamos com a nutricionista Bianca Giannatempo para entender qual é a função da alimentação na saúde e por que é importante ficar atento ao que comemos. Confira abaixo!

Porque a alimentação saudável é essencial?

Alimentação e saúde

É por meio da alimentação que o corpo consegue absorver a quantidade adequada de energia para funcionar bem e para realizar as atividades cotidianas. Essa energia é formada por macro e micronutrientes, encontrada nos alimentos que consumimos diariamente. Bianca explica que a alimentação saudável “tem o poder de regular a saúde e previne doenças do corpo e da mente”.

Já a alimentação ruim é aquela que falha em produzir os nutrientes necessários, já que são calorias vazias. Bianca alerta sobre ese conceitos, que significa o consumo de alimentos sem valor nutricional e que, segundo ela, “apenas fornecem energia para o organismo sem levar nutrientes suficientes para o metabolismo”.

Os riscos de uma alimentação com essa característica são altos: “a pessoa fica mais suscetível a desenvolver doenças como diabetes, hipertensão, câncer entre outros”, aponta.

Como diferenciar uma alimentação boa de uma alimentação ruim?

comidas saudáveis

Bianca explica que há uma diferença bem notável entre uma alimentação que faz bem e uma alimentação que prejudica o funcionamento do organismo. “A alimentação boa é aquela com a maior ingestão de produtos naturais, como frutas, verduras, tubérculos, grãos e alimentos de origem animal”. Ela ainda compara: “a ruim é caracterizada pelo excesso de industrializados, pães, frituras e massas, por exemplo”.

A chave para uma rotina de refeições que também sejam gostosas, segundo a nutricionista, é o equilíbrio entre os nutrientes. “Mais alimentos naturais e menos industrializados significam hábitos saudáveis”, finaliza a nutricionista.

Se você quer começar a comer melhor e começar a ter uma alimentação saudável, confira essas dicas para arrasar na cozinha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *