Saiba quais são os benefícios de parar de tirar a cutícula

Tirar cutícula

Diversos mitos sobre rotina de beleza seguem nos deixando na dúvida sobre qual é a melhor forma de cuidar da estética. Se você costuma fazer as unhas, com certeza já se perguntou se tirar cutícula realmente é uma boa ideia. Afinal, este é um hábito bem comum, praticado pela maioria das mulheres e profissionais manicures.

Para saber se você deve parar de tirar a cutícula, é preciso primeiro entender o que ela é. Cutícula é a membrana protetora da unha que impede a entrada de fungos, bactérias, água, e muito mais. Ela é a parte mais importante da unha e, ao removê-la, você remove também toda a proteção natural das unhas.

Já percebeu que, ao tirar as cutículas, a pele ao redor fica avermelhada – além do famoso perigo de “arrancar um bife”? Esse estado pode ser extremamente perigoso, pois pode causar infecções por causa da entrada de fungos na corrente sanguínea.

Já sabemos que tirar a cutícula faz mal, mas não é só isso. Deixá-las crescer naturalmente pode também ser benéfico para a saúde e aparência das unhas.

Vantagens de parar de tirar a cutícula

Tirar as cutículas, além de remover a proteção natural da unha, pode favorecer danos e quebras. Isso porque os cortes causados pela remoção danificam a matriz da unha, fazendo com que ela fique cada vez mais frágil e quebradiça

Se você costuma usar o alicate devido à suas cutículas serem muito grossas, saiba que a melhor solução é simplesmente deixar de retirá-las. Parece mentira, mas essa pele é uma proteção natural do corpo, e ao retirá-la repetidas vezes, o organismo entende que é preciso produzir mais. Experimente ficar um tempo sem retirá-las, apenas empurrando para os cantos para permitir que a pele se regenere naturalmente.

Deixar as cutículas crescerem normalmente também evita o aparecimento de unhas encravadas, inflamações e carne esponjosa. O seu processo de manicure também fica mais rápido, já que é só trocar de esmalte ao invés de remover as peles.

Além disso, parar de tirar as cutículas faz bem também para a aparência das unhas, já que evita aquela pele avermelhada ao redor delas.

Mas, então, como tratar as cutículas?

Se você não consegue viver com as membranas da unha intacta, o mais indicado é que você as empurre delicadamente para os cantos. Isso porque não existe um método de remoção de cutículas completamente seguro, que será livre de riscos.

Além do mais, se você detesta cutículas muito grossas e ressecadas, o ideal é investir em um bom creme ou óleo de hidratação. Tratando as unhas e as peles ao redor dela, você garante que elas permaneçam fortes, hidratadas e sem risco de danos, além de eliminar a necessidade de tirar cutícula, deixando-as mais fáceis de se esconder.

Leia também