Raquel Fialho

Cabelo com frizz: volume e frizz podem ser uma boa opção?

cabelo com frizzQuando ouvimos a palavra frizz, é comum acharmos que é algo negativo, entretanto, o cabelo com frizz pode sim ser usado ao seu favor.

Há mulheres que odeiam o frizz, outras não ligam e até acham bonito, dando uma aparência mais natural. Mas, uma coisa é certa: o frizz é uma característica e que pode ser aumentada por decorrência de outros processos.

Com o clima frio e úmido, o cabelo tende a ficar com menos frizz, principalmente quem tem os fios cacheados e crespos. Mas, às vezes, driblar o efeito do frizz, especialmente pelo corte ou curvatura, é mais difícil, por isso, o melhor jeito é aceitar o frizz e investir no volumão para deixá-lo ainda mais poderoso!

Bad hair day também é motivo de frizz!

O frizz também pode ser ocasionado pelo bad hair day, ou seja, aquele dia que o cabelo não coopera. Nesse caso, o cabelo tende a não ficar o mais esperado, os fios lisos e cacheados costumam ficar com frizz, sem definição, com aspecto “pegajoso” e até ressecado. Por isso, para as cacheadas, a dica é dormir com uma fronha ou touca de cetim para evitar o atrito com o tecido de algodão. Já as lisas podem prender os fios para evitar também o frizz e o embaraçar das madeixas.

Cabelo com frizz e volume: Como usar ao seu favor?

O cabelo com finalização mais natural e com um ar mais despojado é uma ótima opção para usar o frizz. Portanto, com as mãos, vá amassando o cabelo e dando mais volume.

Essa primeira opção é para quem deseja deixar o cabelo solto, mas é possível também fazer um penteado tanto para esconder o efeito frizzado como para turbinar ainda mais o look com essa característica.

Para esconder é possível optar por um coque e finalizar com gelatina para deixar a frente rente ao couro cabeludo. Mas, se você quer o efeito mais “podrinho”, vale investir em um rabo de cavalo com fios mais desfiados para valorizar o frizz e o volume, proporcionando um resultado messy.

Como diminuir o frizz do cabelo?

O frizz está ligado especialmente com a sua forma de cuidar. Ele é considerado um dos grandes inimigos das mulheres, principalmente de quem usa secador e chapinha frequentemente. Mas, se você está no índice das mulheres que não gostam do efeito frizzado, conheça abaixo as melhores formas de evitar ou diminuir o resultado.

– Faça hidratação sempre que o fio mostrar necessidade;

– Para evitar o ressecamento, faça umectação capilar, a técnica queridinha das cacheadas para evitar pontas e couro cabelo ressecados, ocasionando fios frisados;

– O frizz já apareceu? Passe um pouquinho de óleo reparador para manter o brilho e efeito espigado controlado;

– Escove os fios com cuidado. O ato de escovar pode danificar os fios e até mesmo quebra-los. Além disso, faça a limpeza da sua escova sempre que a utilizar;

– A chuva e umidade podem contribuir para o frizz. Portanto, o ideal é andar com um produtinho na bolsa, e claro, um guarda-chuva;

– O excesso de química também é outro fator que colabora com o efeito frisado. Nesse caso, antes de investir em qualquer mudança, procure um profissional que avalie a força e saúde do seu cabelo;

– Invista no cronograma capilar para deixar os fios com um resultado bonito, saudável e duradouro.

Aceitar ou não o cabelo com frizz vai de cada uma. Mas, o importante é você gostar como é, e claro, não deixar os cuidados para depois, combinado?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *