Luiza Olinda

Cabelos crespos: as melhores dicas para você cuidar do seu crespo

cabelos crespos

Já faz tempo que “cuidar” dos cabelos crespos deixou de ser sinônimo de alisar os fios. Hoje, mais e mais mulheres estão mantendo os seus fios crespos com a curvatura natural e mostrando como esse tipo de cabelo é lindo!
Mas os cabelos crespos têm algumas particularidades e precisam de cuidados específicos para que continuem crescendo fortes e saudáveis. Veja tudo o que você precisa saber para manter o seu cabelo crespo ainda mais bonito e bem cuidado.

Conheça os tipos de cabelos crespos

Para cuidar adequadamente dos cabelos, o ideal é entender qual o seu tipo de cabelo. E descobrir a curvatura do seu fio é um ótimo primeiro passo para isso. Costumamos dividir os cabelos em 4 tipos principais de curvatura: o primeiro grupo é dos lisos, o segundo grupo é dos ondulados, o terceiro dos cabelos cacheados e o quarto grupo é dos cabelos crespos.

cabelos crespos

As principais características da maioria dos cabelos crespos é ter uma curvatura de fio bem acentuada, muita textura e volume para a dar e vender. Por outro lado, os cabelos crespos também têm a tendência de serem mais secos e frágeis, isso porque a oleosidade natural do couro cabeludo tem mais trabalho para chegar às pontas.

O tipo 4 também tem algumas divisões. São elas:
Cabelo 4A: cabelos mais finos com cachos bem apertados e enrolados.
Cabelo 4B: cabelos médios com os cachos menos definidos e formato de Z.
Cabelo 4C: cabelos mais grossos com cachos estreitos e quase imperceptíveis.
É claro que podem existir variações nessas categorias e seus fios podem apresentar mais de um tipo de curvatura. Mas quando você conhece melhor as características dos seus cabelos, fica mais fácil entender do que eles precisam e como tratá-los.

Use produtos para cabelos crespos

Felizmente, há cada vez mais oferta de produtos desenvolvidos para os cabelos crespos e é importante que você dê prioridade para eles.
No dia a dia, é interessante que você use cremes de pentear que ajudam a definir melhor os seus cachos, dão mais volume e emoliência aos cabelos, como o Tratamento para Conquistar {Meu Crespo Pira}.
É legal também adotar um cronograma capilar, que se baseia em ciclos de hidratação, nutrição e reconstrução dos fios.
A hidratação é a etapa que ajuda a repor a água que os cabelos perdem no dia a dia. A nutrição ajuda a restaurar os nutrientes e os lipídios, elemento fundamental para que o cabelo tenha um nível de oleosidade saudável. E a reconstrução deixa os cabelos mais fortes e resistentes com a reposição de massa e proteínas.
Se seus cabelos estiverem muito secos, você também pode adotar produtos umectantes, como os óleos vegetais. Eles devem ser aplicados nos cabelos que estão muito ressecados e sem vida.

Tenha cuidado ao lavar e secar seus cabelos crespos

Até mesmo o processo de lavagem precisa ser repensado se você quiser cuidar bem dos seus cabelos crespos. Como a água quente acelera o ressecamento dos fios, e as crespas já têm as madeixas mais ressecadas, a água fria ou morna é a melhor opção para preservar a oleosidade.
Na hora de secar também tem alguns truques. Se for deixar os fios secarem naturalmente, retire o excesso de água com um tecido de algodão (como uma camiseta) e apenas pressione o tecido contra o cabelo. Quando você usa toalhas felpudas e as esfrega no couro cabeludo aumenta as chances dos fios quebrarem e formarem o temido frizz.
Depois do banho, quando for pentear, dê preferência para os pentes de madeira e com dentes largos. Outros materiais podem favorecer o frizz e pentes com dentes muito estreitos não são as melhores opções para preservar os cachinhos.

Texturizar os cabelos crespos é uma opção

Alguns cabelos crespos não tem uma textura muito definida, mas existe uma forma de resolver isso, e você nem vai precisar recorrer às químicas. As técnicas de texturização podem ajudar a deixar o seu cabelo com cachos ou ondulações mais definidas.
Existem diversas formas de texturizar, mas algumas das principais são:

Twist:

Consiste em aplicar o creme ativador de cachos (também é legal misturar uma gelatina capilar para ajudar na definição e fixação) em todo o comprimento dos cabelos e separar duas mechas finas por vez. Em seguida é só torcer uma mecha na outra e enrolar a pontinha nos dedos. Depois de algumas horas você pode soltar os twists.
Dedoliss: depois de aplicar o produto da sua preferência, é só pegar mechas do cabelo e ir enrolando elas nos seus próprios dedos, como se fosse um modelador.

Esponja Twist:

Aqui basta fazer movimentos circulares na superfície dos fios com uma esponja twist (uma esponja grande com furinhos, específica para texturização de cabelo 4C) para conseguir cachinhos mais definidos.

Fitagem:

Aplique o seu definidor/ativador ou creme para pentear de cachos favorito em todo o cabelo e separe uma pequena porção para começar. Penteie bem os cabelos e comece a passar os dedos abertos pela mecha, de forma a dividi-la em mechas menores com seus próprios dedos, essas são as fitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *