Chá verde: verdades e mitos do chá verde

Por: Tayla Pinotti

O chá verde é mais um dos produtos naturais que viraram febre no Brasil, por ajudar as pessoas na perda de peso. A bebida tem origem oriental e sempre esteve associada a propriedades medicinais.

Apesar do gosto amargo, o chá verde começou a fazer sucesso entre os brasileiros e ficou cada vez mais acessível. A bebida, de fato, ajuda a emagrecer, mas muitos mitos também surgiram sobre o tal chá “milagroso”.

Veja agora alguns mitos e verdades sobre o chá verde:

1) Chá verde ajuda na perda de peso

Como já dissemos, essa é verdade. O chá verde se tornou um aliado em muitas dietas, isso porque ele atua no sistema nervoso simpático, responsável por regular a queima de gorduras.

A planta que dá origem ao chá, a Camellia sinensis, é rica em substâncias (como cafeína, flavonóides e catequinas) que ajudam o organismo a gerar mais energia e, por isso, são caracterizadas como termogênicas. O chá também melhora o trabalho da insulina e proporciona aumento na saciedade.

Apesar disso, é errado dizer que chá verde emagrece apenas. Na verdade, ele auxilia no processo de emagrecimento sim, mas não adianta comer errado e não se exercitar, pois só o chá não faz milagres!

2) O chá só deve ser consumido se você quiser emagrecer

Mito. De fato, quem mais procura pelo chá são pessoas que querem emagrecer, mas ele também pode trazer muitos benefícios à saúde, como o combate às cáries, por exemplo. Ele auxilia no funcionamento neurológico, combate o estresse, evita a hipoglicemia, funciona como anti-inflamatório, entre diversos outros benefícios.

3) Qualquer pessoa pode tomar o chá verde

Mito. Existem, sim, contraindicações para o uso do chá. Grávidas, hipertensos e pessoas com doenças cardíacas não devem consumir a bebida. Isso porque o chá possui alta concentração de teofilina e pode acarretar em arritmias.

4) O chá verde deve ser evitado à noite

Verdade. Por possuir cafeína em sua substância, o chá verde pode funcionar como um estimulante para o organismo, principalmente se a pessoa tomar a bebida em altas doses ou durante a noite. Pessoas com insônia devem evitar o chá verde, pois ela pode interferir na qualidade do sono. No caso do chá verde em cápsulas, as doses do princípio ativo são ainda mais altas e, por isso, também devem ser evitadas em dobro.

5) Apesar de ser amargo, não é permitido adoçar o chá

Parcialmente verdade. Realmente, não é indicado adoçar (seja com açúcar ou com adoçante sintético) qualquer chá, mas muitas pessoas acabam adicionando mel na bebida para o gosto ficar mais suave. Além disso, também é permitido misturar o chá com algum tipo de suco, como o de abacaxi com hortelã, por exemplo.

6) Os chás de saquinho não possuem o mesmo efeito como o feito com a erva

Mito. Os chás de saquinho, na verdade, possuem as mesmas substâncias que a erva que dá origem ao chá verde, o que muda é apenas a concentração, pois as folhas secas são sempre mais poderosas.

7) O chá verde pode ser usado em sucos detox

Verdade. Além de todos os benefícios do chá verde já citados, ele também é um ótimo desintoxicante para o corpo. Existem muitas receitas de suco detox que incluem chá verde como ingrediente. Pode tomar tranquilamente.

8) O chá deve ser tomado sempre quente

Mito. Durante a manhã, quando ainda estamos em jejum, é melhor consumir a bebida quando estiver morna, pois cai melhor no estômago vazio. Nos outros horários não há regra, o chá pode ser ingerido, quente, morno ou frio. Porém, muitas pessoas recomendam ingerir a bebida em até, no máximo, 15 minutos após o preparo para que faça mais efeito.

9) As folhas não devem ser fervidas

Verdade. Ferver as folhas não é indicado, pois isso pode fazer com que os nutrientes delas se percam. A melhor maneira de preparar o chá verde é primeiro esquentar a água, retirá-la do fogo quando as primeiras bolhas aparecerem e, somente com o fogo desligado, acrescentar as folhas do chá verde. A vasilha com a água e as folhas deve ficar tampada até que o chá fique pronto e morno. Em seguida, ele deve ser coado antes de ingerido.

10) Não há limite de quantidade para o consumo do chá

Mito. O ideal é tomar o chá verde de duas a seis xícaras por dia. Devido à alta concentração de cafeína, tomar mais do que essa quantidade por dia pode ser prejudicial para o organismo.

Leia também