Talitha Benjamin

Cinta redutora de medidas funciona mesmo?

cinta redutora de cintura

Ter uma cinturinha é sonho de muita gente, afinal, essa característica é considerada um dos principais símbolos de feminilidade. Vários métodos prometem eliminar medidas dessa área do corpo, sendo a mais recente e popular delas sendo a compressão prolongada. Mas será que a cinta redutora de medidas funciona mesmo?

Esse trend de beleza se popularizou nas redes sociais. Chamada de waist training, a cinta de compressão cobre toda a área da cintura e é feita com um tecido grosso e resistente, contendo estrutura de metal para modelar a área. Ela é feita para ser utilizada bem mais apertada do que uma roupa de baixo comum para que o efeito de redução da cintura seja mais rápido.

A cinta modeladora funciona?

Por ser fabricada com barbatanas e um alto tecido de compressão, a cinta modeladora, quando usada corretamente, consegue com sucesso modelar o tecido adiposo da região abdominal. No caso de pessoas em processo pós-operatório, ela é muito eficiente.

Além disso, especialmente no caso de cirurgias plásticas como lipoaspiração, lipoescultura e abdominoplastia, o uso das cintas redutoras é indispensável, pois ela garante que a pele ficará firme e a correção da postura.

Como escolher a melhor cinta para barriga?

Antes de comprar a sua cinta redutora, é necessário que você tenha em mente que o investimento em um produto de boa qualidade, de uma marca segura e confiável pode sair um pouco caro. Por isso, procure avaliações de outros clientes e pesquise sobre o fabricante. Isso vai garantir que o produto que você está adquirindo é seguro.

As cintas redutoras estão disponíveis em diversos materiais: seja de cetinete, acetato, acrílico, poliéster ou nylon, é importante que ela vista confortavelmente. Ou seja, nada de comprar um número menor que o seu achando que isso potencializa a redução de medidas! Você e a sua pele precisam respirar.

Os formatos dos modeladores também variam, podem ser em body, o modelador clássico que imita um maiô e geralmente também oferece suporte para os seios, em modelos de cintas clássicas, que servem apenas para a região abdominal, dando suporte também para a coluna e, por último, as bermudas, que também servem para reduzir as medidas do abdômen e das coxas. Essa última é perfeita para quem quer disfarçar as celulites ou diminuir o atrito entre as pernas.

Como usar a cintas modeladoras corretamente?

Ao contrário do que se imagina, usar a cinta por mais tempo pode trazer muito mais malefícios do que benefícios. O uso não pode ultrapassar as 8 horas diárias, sendo que 2 a 4 horas diurnas já são o suficiente para apresentar ótimos resultados.

Muitas pessoas prolongam o uso para garantir uma cinturinha mais fina e um corpo mais modelado, mas na realidade, isso, além de trazer muitos riscos, não garante resultados duradouros.

Além disso, o uso incorreto da cinta (muito apertada ou por longos períodos) pode acarretar em diversos problemas de saúde, inclusive problemas mais sérios, dependendo do caso. Os riscos incluem problemas respiratórios, alterações no sistema digestivo, e em casos mais graves, mal funcionamento de órgãos internos e danos ao tecido da área afetada.

A dica é procurar um médico antes de investir no uso da cinta redutora, pois só assim você pode garantir que o uso estará te trazendo resultados bons. Aproveite e confira aqui tudo sobre o creme redutor de medidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *