Salon Line

Corte de cabelo radical: do comprido ao long bob desfiado

Corte de cabelo radical

Existem mulheres que só de pensar em cortar dois dedinhos do comprimento dos fios já começam a sofrer – e, tudo bem porque não tem nada de errado em ser apegada ao cabelo. Mas, tem aquelas que se entregam para a tesoura sem medo algum, afinal, “depois cresce”. É o caso da Ellen Christina, de 25 anos. Ela, que tinha o cabelo quase na altura da cintura, topou sem medo algum fazer um long bob desconectado. Quem adorou a ideia também foi a Marcella Dias, diretora do Mega Hairline e parceira Salon Line, responsável pela transformação. Confira mais detalhes e se inspire a – quem sabe – cortar o seu cabelo.

O antes: cabelão na cintura

Cabelão na cintura

O comprimento do cabelo da Ellen já alcançava a linha da cintura, além disso, as pontas loiras em degradê estavam perdendo um pouco do tom dourado original, o repicado já não emoldurava o rosto como antes e a vontade de mudar era muito grande. “Eu gosto de variar o meu visual. Brincar com o corte, com a cor… meu cabelo cresce rápido, então, acabo me divertindo com ele”, conta.

O corte: long bob desconectado

Corte long bob

Sem medo algum, a Ellen se entregou para as mãos – e a tesoura – da Marcella. A hairstylist fez um rabo de cavalo baixo e cortou tudo de uma vez só. Mais da metade do cabelo foi embora! O look escolhido foi um long bob atualizado, ou seja, ao invés da típica base reta, as pontas foram desfiadas. Isso garante leveza, modernidade e controle do volume, já que a Ellen tem muito cabelo! A parte boa dessa primeira etapa da transformação é que tudo o que foi cortado seguiu como doação para uma instituição que faz perucas para pessoas com câncer ou que possuem alopecia.

A cor: reflexo com mechas loiras

reflexo com mechas loiras

Para valorizar ainda mais o corte, a Marcella escolheu fazer reflexos com mechas loiras em todo o cabelo da Ellen – isso garante esse efeito de profundidade e naturalidade, além de destacar apenas alguns pontos do comprimento. Porém, a técnica foi adaptada: primeiro, a hairstylist desfiou o cabelo da Ellen em direção à raiz e, em seguida, aplicou o descolorante apenas na parte lisa, ou seja, na que não foi desfiada. Para garantir que as mechas ficassem uniformes, o produto da parte de baixo foi retirado depois de uns 25 minutos, afinal, as pontas já estavam loiras e a ideia era manter o degradê. Mais 20 minutos depois e a Marcella tirou todo o descolorante. Por fim, o amarelado típico do procedimento deu lugar ao dourado claro graças a um tonalizante loiro escuro, que ficou agindo por 10 minutinhos. O resultado final? Um long bob desconectado, iluminado e cheio de movimento.

Long bob desconectadoLong bob iluminado

Corte de cabelo radical: do comprido ao long bob desfiado
4.3 (86.67%) 6 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *