Thauany Lima

Corte químico: como segurar essa barra e salvar os cabelos?

Corte químico

As mulheres adoram mudanças, estão sempre alterando a cor, formato dos fios e, por conta disso, submetem os fios a químicas potentes que causam danos irreversíveis ao cabelo.

Esses danos são conhecidos como “corte químico”, que é basicamente uma desestruturação na fibra capilar, causando quebra e quedas do cabelo.

Geralmente esses fatores acontecem depois do uso de químicas de alisamento, relaxamento ou descoloração, podendo ser notados na hora do enxágue das substancias.

É muito provável que o corte químico seja causado por erros de aplicação, tempo de ação, excesso e potencia do alisamento ou não compatibilidade de químicas.

Corte químico: como salvar esse cabelo?

O corte químico aconteceu, agora é preciso investir nos cinco passos mais importantes para conseguir recuperar o cabelo, confira todos a baixo.

Corte imediato

É muito triste, mas é preciso cortar o cabelo danificado para deixar o aspecto dos fios melhor.

O cabelo após o corte químico vai parecer mastigado, por isso, corte as pontas, mesmo que seja muito cabelo, é necessário.

O corte químico vai deixar as pontas dos fios mastigadas, ressecadas e embaraçadas, por isso, corte pelo menos 3 dedos de pontas, mesmo que o cabelo fique mais curto a estética ficará melhor, acredite!

Paciência

A paciência é um requesito fundamental no corte químico, afinal, não é um preocesso rápido recuperar a saúde capilar, podendo demorar mais de dois anos dependendo do dano e velocidade de crescimento.

Por isso, tenha paciência, essa é a única maneira de conseguir recuperar o cabelo que deseja novamente.

Cronograma capilar

Cuidados rotineiros devem existir sempre, afinal, todo cabelo precisa de cuidados e reposições de vitaminas e nutrientes.

Um cabelo danificado e que passou pelo corte químico precisa de um tratamento de choque, priorizando sempre a reconstrução capilar.

O cronograma capilar se consiste em um tratamento completo para devolver tudo que o cabelo precisa para se manter saudável, ou seja, hidratação, nutrição e reconstrução.

Ele é uma agenda de cuidados que ordenam o tratamento a ser feito por semana, equilibrando as reposições necessárias para os fios.

A hidratação e nutrição são as mais destacadas em um cronograma, mas para cabelos com esse grau de dano é preciso acrescentar mais reconstrução ao cronograma, isso porque, a reconstrução é formada por queratina que reestrutura a massa capilar e fortalece os fios.

É possível montar um cronograma individual para reparar danos particulares, veja todas as dicas de como fazer o cronograma capilar na nossa página.

Esqueça as químicas por um tempo

Se o cabelo já está danificado, não faz sentido continuar danificando a fibra capilar, por isso, corra das químicas até retomar a saúde dos fios.

Usar química encima de química pode causar mais cortes químicos e agravar ainda mais o problema do seu cabelo.

Nada de chapinha e modelador

Esse é um passo muito importante e que deve ser levado muito a sério, afinal, esses dois elétricos podem piorar ainda mais a situação do seu cabelo.

Usar modelador e chapinha com os fios danificados ou após um corte químico deixará o cabelo mais elástico e quebradiço. Além disso, corra de água quente, ela também pode prejudicar a evolução do cabelo.

Gostou das dicas de como recuperar o cabelo do corte químico? Agora confira o passo a passo de como realizar uma reconstrução poderosa para salvar os fios, combinado!?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *