Tayla Pinotti

Saiba como aumentar a imunidade do organismo

Aumentar a imunidade do organismo

A imunidade abrange um conjunto de mecanismos responsáveis por defender o corpo de agentes infecciosos invasores no organismo. Consequentemente, quando a imunidade está baixa, a pessoa fica suscetível ao ataque de vírus e bactérias, que podem provocar diferentes doenças.

Devido à pandemia mundial do novo coronavírus, cuidar do sistema imunológico se tornou praticamente uma obrigação. Segundo a Health Canada, departamento do governo do Canadá responsável pela política federal de saúde, entre as pessoas com maior risco estão aquelas com problemas médicos prévios e imunidades comprometidas.

É importante lembrar, porém, que o Ministério da Saúde diz que não há nenhum medicamento, vitamina ou vacina que previna a infecção pelo coronavírus. No entanto, além de adotar as medidas de higiene e de proteção – como uso de máscara, por exemplo -, é fundamental cuidar da saúde e do sistema imunológico.

Alguns hábitos simples podem fortalecer o seu corpo e, claro, sua imunidade. Confira abaixo quais são eles e coloque em prática não apenas agora, mas pelo resto da sua vida.

Invista em alimentos que aumentam a imunidade do organismo

Manter uma alimentação equilibrada é o primeiro passo para manter um corpo mais saudável e as células de defesa ativas. Se a ideia é fortalecer o sistema imunológico, há uma lista de alimentos que não pode ficar de fora da sua dieta.

Entre as frutas que aumentam a imunidade do organismo, por exemplo, estão a laranja, o limão e acerola, além de outras ricas em vitamina C. Já para aumentar a quantidade de vitamina E, o mais indicado é ingerir grãos, folhas verdes e óleos vegetais.

Também entram para a lista a cenoura, o couve e a abóbora, ricos em vitamina A. Salmão, atum e linhaça são alimentos que contém altas doses de ômega 3, um tipo de gordura boa para o organismo que é capaz até mesmo de melhorar a memória e a disposição.

Vegetais verde-escuros, feijão, cogumelos, gengibre, alho, castanha do pará e mel também podem – e devem – aparecer no seu cardápio em algum momento, já que eles também oferecem nutrientes essenciais para o bom funcionamento do sistema imunológico.

Faça exercícios regularmente, mas não exagere

Fazer exercícios é fundamental não apenas para manter o corpo ativo, mas também para estabelecer uma comunicação entre o sistema nervoso, endócrino e imunológico. Isso porque, dessa forma, as chances do organismo sofrer com doenças cardiovasculares ou com problemas respiratórios e digestivos, por exemplo.

Apesar disso, é importante ficar atento(a) e não exagerar na dose. Fazer atividades físicas de forma intensa ou não descansar bem entre um treino e outro pode causar um estresse tão grande a ponto de haver uma queda no sistema imunológico, que precisará trabalhar mais para amenizar os prejuízos do excesso de exercícios.


Clique e confira: Exercícios para fazer em casa.

Tenha boas noites de sono

Com toda a ansiedade vivenciada durante esse período, a simples “tarefa” de dormir bem pode se tornar algo praticamente inatingível. Apesar disso, garantir uma boa noite de sono é fundamental para o bom funcionamento do organismo e para evitar o cansaço, o estresse, os distúrbios de humor e, claro, a baixa na imunidade.

Para conseguir dormir bem mesmo após todo estresse diário, aposte em técnicas de relaxamento, evite ingerir alimentos gordurosos, cafés e bebidas alcoólicas na parte da noite e se certifique de que o ambiente onde você dorme é relaxante o suficiente para uma longa noite de sono.

Evite os maus hábitos

Além de prejudicar o sono, o álcool, assim como outras substâncias tóxicas, pode fazer mal à saúde e comprometer a imunidade. O cigarro, por exemplo, contém componentes que liberam substâncias inflamatórias que demandam um grande esforço do sistema imunológico, o que pode deixá-lo “ocupado” demais para combater vírus e bactérias.

Sendo assim, evite ao máximo fumar ou consumir álcool se quiser aumentar a sua imunidade e elimine também outros hábitos ruins como consumir fast-foods e açúcar em excesso.

Não utilize nenhum medicamento sem orientação médica

Da mesma forma que não existe um alimento ou substâncias milagrosas para o sistema imunológico, é preciso ficar atento(a) aos remédios para aumentar a imunidade do organismo. É preciso ter cuidado com indicações que não partam de um profissional da saúde.

Além disso, lembre-se que o consumo de medicamentos sem prescrição médica ou sem que haja uma real necessidade pode acabar afetando os anticorpos e todo o sistema imunológico, gerando um efeito totalmente contrário do esperado.

Aproveite e veja alguns sinais que indicam que seu corpo pode estar com a imunidade baixa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *