Thauany Lima

7 dicas para fazer sua filha crescer com uma autoestima elevada!

Aumentar autoestima dos filhos
Os filhos são os maiores legados que os pais deixam na terra. Por isso, há tanta dedicação na educação, criação de valores e moral. Porém, muitas vezes, a cultivação da autoestima é deixada de lado. Principalmente, quando é relacionada às meninas.
Pode parecer besteira, mas em uma sociedade em que as mulheres bonitas são aquelas de corpos estruturais, supermagras ou cheios de curvas, pode ser um péssimo ambiente para as filhas crescerem se amando.
É comum vermos meninas odiando seus corpos e querendo mudar suas características físicas desde cedo, isso explica o grande crescimento de cirurgias plásticas realizadas por adolescentes.
De acordo com uma pesquisa realizada pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), cerca de 18 mil cirurgias foram realizadas em 2016, sendo 5,7% em adolescentes de 14 a 18 anos – a grande maioria feminina.
De acordo com especialistas, essa busca implacável pelo visual perfeito pode ter se agravado com a popularização da internet e práticas de bullying nas escolas.

Ajude a sua filha a amar o próprio corpo

Nem sempre é fácil encarar o espelho, não é mesmo? Mas os filhos precisam aprender a amar a aparência desde cedo.
As mães são exemplos a serem seguidos pelas meninas. Por isso, evite colocar defeitos nas suas feições, curvas corporais ou até naquela “gordurinha” indesejada.
Se a sua filha conseguir enxergar a beleza em “pessoas reais”, não apenas nas personagens que assiste na televisão, vai aceitar melhor as particularidades do seu próprio corpo.

Tenha sempre um olhar crítico para mulheres midiáticas

Sua filha precisa entender que aquelas atrizes e figuras públicas na internet não são perfeitas e que vivem um mundo de fantasias.
Quase toda mulher comum tem estrias, celulites e gordurinhas. Isso não faz delas menos bonitas, pelo contrário, são belas por não se enquadrarem nesse universo paralelo da beleza perfeita.

Não a eduque para agradar todo mundo

Você deve ensiná-la a ter opinião e não tentar agradar todo mundo, afinal de contas, ela deve fazer apenas o que gosta e sente vontade.
Ensine-a dizer NÃO, isso é muito importante para a criação da personalidade da menina.

Representatividade importa!

As crianças precisam ter exemplos para se amarem, por isso mostre personagens com características similares a ela. Por exemplo, se ela tiver o cabelo crespo, mostre mulheres com cabelo crespo nas ruas, internet e TV. Contudo, sempre elogiando essa curvatura.
Se o seu cabelo for igual ao dela, mostre como vocês duas são lindas e parecidas, afinal de contas, temos que “desconstruir” os padrões de beleza que fazem com que as mulheres odeiem suas particularidades.

Deixe-a criar seu próprio estilo

Esse passo é muito importante na vida das meninas, é o momento que elas constroem sua identidade e personalidade. Por isso, tente não interferir.

Não fale mal de outra mulher na frente dela

Um dos piores defeitos das mulheres é acharem que todas são suas rivais. Deste modo, não plante esse senso de competição na vida da sua pequena, ok?
Sua filha precisa entender o que é “sororidade” e como ela é importante para a união das mulheres.
Deixe sempre esclarecido para ela que as mulheres são amigas e precisam caminhar juntas para alcançarem grandes realizações.

Sempre diga que a ama e o quanto ela é linda!

Você precisa lembrá-la o quanto ela é linda e amada por você. Afinal de contas, o mundo vai mostrar sempre o contrário.
Se ela for negra, intensifique os elogios, pois todos os exemplos de mulheres bonitas e poderosas que ela vai ver nos principais veículos, serão brancas e com os cabelos lisos.
Achou importantes as dicas? Se já pratica alguma que não citamos, conte aqui para nós nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *