Dieta e cardápio para emagrecer com saúde

mesa com alimentos que emagrecem

Emagrecer está nas metas de muitas pessoas por aí, mas a maioria delas não está preocupada com a saúde e, sim, apenas buscando se encaixar no padrão de beleza imposto pela sociedade. Pesquisas apontam que quase 100% das mulheres estão sempre querendo, tentando ou, de fato, fazendo dieta para emagrecer.

Esse número só comprova que elas são as que mais sofrem com esses padrões e que, por causa disso, muitas acabam apostando em “dietas milagrosas” ou até mesmo em períodos muito longos de jejum.

Dieta e saúde nem sempre estão relacionados

Isso mostra que, infelizmente, dieta e saúde nem sempre andam lado a lado como deveriam e que a busca por um corpo magro tem ficado cada vez mais perigosa, já que muitas pessoas chegam a fazer loucuras e arriscar a própria saúde só para conseguir perder alguns quilos.

O ideal para perder peso de forma saudável não é seguir nenhuma dieta mirabolante, mas, sim, fazer uma reeducação alimentar, preferencialmente acompanhada por um nutricionista.

Nesse texto, nós separamos uma sugestão de cardápio para emagrecer com saúde. Mas, antes, vamos falar algumas dicas e observações.

Dicas de dieta

A primeira dica de dieta é: não faça cortes bruscos de alimentos de uma hora para outra. Cortar de vez carboidratos e doces, por exemplo, pode afetar diretamente o seu cérebro. O ideal é diminuir a quantidade de alimentos muito calóricos (principalmente à noite), sim, mas não os cortar de vez.

Outra dica é: faça dieta pelo seu bem e pelo bem da sua saúde e apenas se você quiser mesmo fazer isso. Nunca comece uma dieta contra a sua vontade ou porque alguém disse que você deveria emagrecer.

Alimente-se bem

Também é importante se alimentar sempre que sentir fome e não ficar mais de 3 horas sem comer. Fazer grandes períodos de jejum é completamente contraindicado. Se você faz academia, principalmente. Nunca inicie um treino ou exercício sem se alimentar antes.

Mastigue os alimentos sem pressa para que o seu cérebro reconheça a sensação de saciedade. Coma devagar.

Alimente-se bem

E, por último, beba muita água, o tempo todo. Água em excesso nunca faz mal.

Agora, vamos à sugestão de cardápio para sua dieta.

Café da manhã
1 fatia de pão integral com 2 fatias de queijo minas magro ou de peito de peru
1 tapioca
1 xícara de chá de frutas picadas
ou

2 torradas integrais
3 fatias de rosbife
1 omelete de apenas um ovo, sem muitos ingredientes adicionais

Lanche da manhã
1 fruta
1 barra de proteína

ou

Mix de castanhas ou frutas secas

Almoço
2 colheres de sopa de arroz integral
1 filé de peixe grande grelhado, assado ou cozido
Salada de folhas variadas com tomate e palmito
Abobrinha refogada

ou

2 conchas de lentilha
1 ovo cozido
Salada de pepino

Lanche da tarde
1 iogurte com granola

ou

100 g de peito de frango desfiado com 2 colheres de sopa de queijo cottage

Jantar
1 carne vermelha magra
Salada de rabanete

ou

2 filés de frango pequenos
Salada de folhas variadas e legumes à vontade

(O ideal é evitar carboidratos e lanches na janta, principalmente se elas forem acontecer muito tarde. Se estiver com pressa e optar por um sanduíche, por exemplo, faça também uma porção de salada de alface para completar a refeição)

Ceia
Gelatina incolor

ou

1 suco natural sem açúcar

(O ideal é só comer nesse horário caso haja fome, pois, comer muito antes de se deitar não é recomendado para quem procura emagrecer).

Os sucos detox também podem ser ótimos aliados na perda de peso e podem ser ingeridos durante dietas. Veja algumas receitas de sucos detox clicando aqui (link).

Lembrando que esse texto contém apenas sugestões e dicas de cardápio. Cada organismo funciona de uma forma, então, para melhores resultados, procure um profissional da área de nutrição ou endocrinologia. Não faça uso de remédios para emagrecer sem o acompanhamento de um endocrinologista, pois medicamentos com essa promessa podem apresentar diversos riscos e efeitos colaterais.

Leia também