Tayla Pinotti

Entenda o perigo de seguir dietas prontas do Instagram

Dieta da internet

Basta alguns minutos navegando no feed ou na aba “explorar” do Instagram para se deparar com uma foto de “antes e depois” de alguma blogueira que emagreceu horrores acompanhado de um textão com uma fórmula de sucesso para eliminar quilos e mais quilos.

Nessas horas, até a mais magra das mulheres pode acabar se interessando, já que 10% das pessoas do sexo feminino passam a vida adulta inteira tentando emagrecer, de acordo com pesquisa realizada pela Omega Farma.

Com o sucesso do Instagram e de outras redes sociais, a obsessão pelo corpo perfeito se tornou ainda maior, pois, afinal, quem não deseja ter a “barriga negativa” igual a da blogueira X ou Y?

Segundo a Warburtuns, uma rede de panificadoras britânicas, aos 45 anos, cada mulher terá feito cerca de 61 tipos diferentes de dietas durante a vida. Justamente por esse motivo, na era dos likes, é importante debater o perigo de seguir dietas prontas do Instagram.

Conversamos com a nutricionista Bianca Giannatempo, que falou dos problemas de levar a risca a indicação desses influenciadores. Confira!

Não existe caminho para o sucesso

Para Bianca, o grande problema dessas dietas prontas é que os influenciadores digitais as divulgam como se elas fossem a única fórmula para o caminho do sucesso, além do fato de eles não serem profissionais no assunto e sequer terem formação médica.

“Quando se trata de nutrição, não estamos lidando com uma ciência exata. Por isso, os blogueiros precisam estar cientes de quanto eles realmente influenciam as pessoas em diversos aspectos, inclusive na saúde dos seus seguidores” comenta.

Quais são as consequências

Além da grande possibilidade de não surtir o mesmo efeito em cada pessoa, há diversos problemas em seguir uma dieta da internet, entre eles, Bianca Giannatempo cita:

  • a perda não saudável de peso, já que cada organismo funciona de uma forma;
  • a frustração, pois os resultados não são garantidos;
  • a compulsão alimentar, muitas vezes gerada após um período de restrição;
  • distúrbios metabólicos, que levam o metabolismo a ficar mais lento ao longo do tempo.

Mas os danos não são apenas na saúde do corpo. A mente também pode pode ser afetada, já que essa “onda saudável” entre os instagrammers beneficia algumas mulheres (as que ficam famosas na rede), mas acaba reforçando padrões de belezas inatingíveis para muitas outras, que acabam com a autoestima ainda mais abalada.

Para Bianca, muitos seguidores nem sequer entendem, por exemplo, a lógica por trás de uma dieta à base de vegetais, mas optam por comer plantas mesmo assim por causa dos influencers.

Além disso, é possível notar que há uma cultura de saúde no Instagram que se baseia no medo e na moral, já que algumas pessoas acreditam que, se elas não tiverem bons hábitos alimentares, terão um corpo feio, além de transmitirem uma imagem de “relaxo” e indisciplina.

Não ignore a importância de um nutricionista

A nutricionista Bianca enfatiza que, antes de elaborar um cardápio ou dizer o que alguém deve ou não comer, é preciso levar em conta saúde, hábitos, gostos, rotina e objetivos. Cada pessoa seguir uma dieta específica para o seu tipo de metabolismo é fundamental para bons resultados.

“Seja para perder ou ganhar peso, o nutricionista é único profissional habilitado por lei a prescrição de dieta e só ele poderá descobrir qual a melhor opção para o metabolismo de cada indivíduo, levando em conta todos estes aspectos” finaliza.

Entenda o perigo de seguir dietas prontas do Instagram
4.7 (93.33%) 6 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *