Qual a diferença entre desfiado e repicado?

Por: Luana Queiroz
Diferença entre repicado e desfiado
Descubra a diferença entre repicado e desfiado

Está buscando uma transformação capilar impactante? Então, com certeza, você já esbarrou com sugestões de cortes de cabelo repicado e desfiado. Mas o que muita gente fica com dúvida é sobre o que as duas técnicas têm de diferente e qual o resultado que cada uma delas traz.

Se você quer descobrir, de uma vez por todas, a diferença entre repicado e desfiado, você está no lugar certo.

Cabelo repicado

O corte de cabelo repicado é feito em camadas horizontais marcadas, ou seja, a parte de cima do cabelo fica mais curta do que a base e essa diferença de tamanho é bem perceptível.

O cabelo repicado é feito, normalmente, com a tesoura e o profissional cria camadas com ângulos diferentes, junto de cortes retos, para dar mais movimentos aos fios. Esse tipo de corte pode ser feito em cabelos curtos, médios e longos.

Cabelo desfiado

Já o cabelo desfiado é feito, principalmente, com navalha e de forma integral nos fios. Com camadas menos marcadas, a navalha dá mais leveza do comprimento às pontas.

Além disso, o efeito desfiado pode ser usado em vários cortes e em diferentes comprimentos e tipos de cabelo, mas sendo muito indicado para quem tem os fios mais grossos.

A diferença entre repicado e desfiado

Na hora de escolher entre repicado ou desfiado, é muito importante saber qual das técnicas é mais apropriada para o resultado que você deseja.

Basicamente, a diferença entre repicado e desfiado está na intensidade, já que o primeiro tem camadas mais marcadas, enquanto o segundo mais leveza, balanço e camadas mais sutis.

Se você quer dar mais volume aos fios e a impressão de que tem mais cabelo, aposte no corte repicado. Já se você quer diminuir o volume e ganhar mais movimento, sua escolha deve ser o corte desfiado.

Cabelo repicado ou desfiado?

Ainda com dúvida se vai embarcar em um corte de cabelo curto repicado ou em um médio bem desfiado? Reflita sobre o visual e as principais necessidades que você quer que o corte valorize ou ajude a disfarçar.

Ainda, mais do que a técnica, pense sobre o comprimento que deseja para os seus fios e como repicar ou desfiar pode ajudar ou atrapalhar no resultado final.

Por fim, procure um profissional de sua confiança e leve referências do efeito que espera com o novo corte para que ele possa dar indicações do que melhor se encaixaria para você.

Leia também

Racismo reverso
Autoconhecimento

Racismo reverso existe?

Você provavelmente já se deparou com a expressão racismo reverso em notícias, feed de redes sociais e rodas de conversas. Baseado na justificativa de que

Leia mais »