Talitha Benjamin

Escova desprogressiva: saiba o que é a técnica e como ela funciona

Saída direto da Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro, a escova desprogressiva é mais uma técnica recém-criada para oferecer o cabelo dos sonhos com resultados mais rápidos. Ela promete dar o efeito ondulado para as lisas que sempre desejaram ondas e é procurada também por quem quer tirar o efeito da progressiva ou de outros alisamentos.

Apesar dos fios naturais estarem sendo mais valorizados do que nunca (ainda bem!), há também quem ainda prefira procedimentos para modificar o estado natural dos cabelos – e a variedade é maior do que nunca! Para quem quiser recuperar ou adquirir aquele cabelo ondulado dos sonhos, existe a desprogressiva. Conversamos com a cabeleireira Marcella Dias para explicar direitinho o que é e como funciona essa técnica, confira:

O que é a escova desprogressiva

Desprogressiva

Ao contrário do que o nome sugere, a desprogressiva não desfaz o efeito do alisamento chamado escova progressiva. Na verdade, trata-se de outro procedimento químico que se sobrepõe a química para tornar os cabelos ondulados, como o efeito de modelador de cachos.

“Assim como na progressiva, ela encapsula o cabelo e cria uma camada protetora, não mexe na estrutura do fio, por isso não entra nenhum nutriente, nem água”, diz a cabeleireira.

Por essa razão, é essencial que o cabelo passe pelo tratamento de cronograma capilar extensivamente antes de se submeter à qualquer tipo de processo químico, inclusive a desprogressiva.

Por causa da química, o cabelo já está liso e selado, portanto, as ondas obtidas pela desprogressiva não têm frizz e nem volume.

Como é feita a desprogressiva

Tirar a química do cabelo

Os produtos utilizados para fazer a desprogressiva são feitos a base de amônia. A técnica consiste em aplicar o estruturador de ondas e estabilizador de cachos e, em seguida, deixá-los agir no cabelo enrolados em bigudinhos.

Após uma hora, os cabelos precisam ser lavados e hidratados. Marcella aconselha que, assim como em outros processos de alisamento, os cuidados sejam indispensáveis, principalmente na lavagem, pois a amônia pode deixar os cabelos mais finos e ressecados: “o certo é lavar com shampoos perolados, que não contém tanto sal e evitar os produtos de limpeza profunda. Secar o cabelo com o secador ajuda. É indicado também evitar praia, piscina e tudo que tenha o pH alcalino, porque pode abrir a cutícula” explica.

Para quem busca uma forma rápida de voltar aos cachos naturais sem submeter os fios a outro processo químico, a melhor opção ainda é o big chop, corte que remove toda a parte alisada do cabelo de uma vez. Mas se você quiser mais movimento para o seu liso, aposte na escova desprogressiva e conquiste o efeito ondulado desejado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *