Raquel Fialho

Filho único: 7 vantagens

Mãe lendo um livro para a filha

Ser filho único pode até ser um pouco solitário. Pode parecer que não tem ninguém para ir ao shopping junto com você, assistir um filme ou mesmo partilhar momentos e segredos. Mas, por outro lado, você recebe toda a atenção dos pais e é o filho preferido.
A média de filhos por mulher em 1960 era de 6, em 1980 esse número abaixou para 4 e em 2010 para 1,90 ou seja, uma média abaixo de 2. Dados revelados da taxa de fecundidade do IBGE, na qual revela que hoje, a maioria das famílias brasileiras, tem de 1 a dois filhos, o que significa que muitas crianças estão crescendo sem irmãos.
Quer saber quais são as vantagens de ser filho único? Confira!

Primeiro filho e único: conheça as vantagens

Você é independente

Mãe cozinhando com a filha
Não ter irmãos tem o lado ruim: você não terá ajuda na hora de fazer as atividades da escola, para fazer as tarefas de casa e ir com ele para diversos lugares. Mas calma que tem o lado positivo aí.
Não ter irmãos também te tornará mais independente, ou seja, você não vai ficar esperando ele fazer algo, você simplesmente vai lá e faz, sem precisar depender de ninguém.
Outro ponto, é que você nunca será conhecido e chamado por “irmão de fulano”. Nunca vão te confundir.

Nunca precisou lidar com meninos cantando suas irmãs

Só quem tem irmãs sabe como é ter que lidar com os amigos dando em cima delas, né? Ninguém merece! E, para piorar, em muitos casos os irmãos servem de cupido, tendo que dar recadinhos e ajudar a ver o gato ou a gata.

Você ganha responsabilidade

Por ter que fazer muitas coisas sozinhas, é inevitável acabar ganhando mais responsabilidade. Você vai para os lugares sozinho, vai estudar e procurar ajuda de amigos e familiares sempre que não for capaz. Além disso, se fizer algo errado, não terá irmãos para culpar e até a responsabilidade em revelar os erros é um grande aprendizado.
Você vai desbravar o mundo em busca de independência e responsabilidade.

Os pais mimam mais

Fala a verdade: quem tem irmãos sabe que o amor, tempo, assim como mesada é compartilhada. Mas, o filho único, vai ganhar tudo e até em dobro. Que tal?!

Nunca precisou compartilhar o quarto

Deixar a luz ligada, assistir tv ou ficar falando no telefone altas horas enquanto você está dormindo? Quem é filho único jamais passará por essa situação.

Solitário? Jamais!

Por ser filho único, na hora de brincar, você não tem companhia? ERRADO! Os pais podem aproveitar para brincar mais com o filho, ler um livro e estimular a imaginação, além de chamar os amigos, vizinhos e primos para brincar. Não tem desculpa para a brincadeira não acontecer!

Você vai ser sempre o filho favorito

Aqui não terá disputa: quem é filho único é e sempre será o filho preferido e terá todo o amor dos pais só para ele. Mas claro, se vier um irmãozinho por aí, ensine tudo de bom que aprendeu para ele nesse tempo de filho único, combinado?!

Quer aproveitar para descobrir como melhor educar os filhos? Clique aqui e saiba como!

Avalie esse conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *