Luiza Olinda

Insônia tem tratamento?

Insonia

Você deita na cama, está cansada, passou o dia morrendo de sono e já está bem tarde. Mas você rola para um lado, rola para o outro e nada. Não consegue pegar no sono. Tenta uma posição diferente. Vai ao banheiro. Rola mais um pouco na cama sem sucesso. Conta carneirinhos… Só que nada adianta e você só prega os olhos depois de muito tempo, isso quando consegue dormir.
Infelizmente, a insônia é um mal bastante comum no mundo moderno, mas isso não quer dizer que seja normal passar várias noites sem conseguir dormir bem, e que você não tenha que tentar corrigir isso.
Além de te deixar acabada no dia seguinte e fazer com que fique o dia inteiro sonolenta e cansada, a insônia ainda é extremamente prejudicial para a nossa saúde.
Nosso corpo precisa basicamente de comida saudável, água e descanso. Quando um desses elementos está em falta o nosso organismo funciona mais lentamente, as chances de contrairmos doenças é maior e, no aspecto estético, até a nossa pele e cabelos tendem a perder o brilho e o viço.

Causas para se ter insônia

Existem vários motivos para termos insônia. O estresse no trabalho, muitas tarefas para fazer na faculdade, a preocupação com o vestibular são algumas das causas mais comuns, e que causam uma insônia momentânea, ou seja, depois que essas situações estressantes passam, você volta a dormir normalmente.
Mas, se a sua insônia é constante, ela pode ser um problema clínico ligado à outras doenças e, por isso, é essencial tratar a insônia logo que você perceba que está tendo cada vez mais dificuldade em pegar no sono e tendo noites péssimas.
Só um médico pode fazer o diagnóstico completo e te sugerir o melhor tratamento, mas vamos dar algumas sugestões de atitudes que podem te fazer dormir melhor.

Lidando com a insônia: tenha um dia produtivo

Quando o corpo e mente estão realmente cansados a tendência é que você pegue no sono mais rápido, por isso, é importante que você tenha sempre dias produtivos, possa trabalhar, estudar, fazer exercícios físicos e outras atividades que são bacanas, mas que façam seu corpo e mente trabalharem.
Dessa forma, quando se deitar, as chances de você conseguir dormir mais cedo e melhor são muito maiores.

Lidando com a insônia: crie um ambiente calmo para dormir

Por mais que seja difícil, quando chega a hora de dormir é preciso começar a se desligar dos acontecimentos que nos mantiveram acordadas o dia todo. Treine a si mesma para evitar pensar na discussão que você teve com seus pais, no trabalho que precisa entregar na semana que vem e na conversa que teve com o crush. Afinal, você não vai poder resolver nada na hora de dormir, não é verdade? Independentemente da situação, a resolução dela pode ficar para amanhã.
Criar um clima tranquilo e agradável que induz ao sono também ajuda muito para que a atmosfera do quarto te inspire a dormir mais cedo e melhor. Para começar, na hora de dormir, mantenha as luzes do quarto apagadas ou à meia luz. Arrume sua cama confortavelmente e vista um pijama ou camisola confortável.
Se você curtir, pode colocar uma música suave para rolar ou até acender algumas velas aromáticas. Ler um livro e tomar um copo de leite morno também são truques clássicos que ajudam a compor um clima que relaxa o corpo e a mente, e facilita a chegada do sono.

Lidando com a insônia: afaste os aparelhos eletrônicos

Quando você mantém a televisão ligada, o notebook aberto perto da cabeceira e não deixa o celular de lado, fica difícil para o corpo e a mente se “desligarem”.
Além disso, estar constantemente ligada à tecnologia cria uma ansiedade de querer sempre saber o que está acontecendo, se tem alguma notificação nova nas suas redes sociais e se alguém mandou uma mensagem para você. E tudo isso também atrapalha muito o sono.
É importante que você se discipline a desligar os aparelhos eletrônicos, pelo menos 15 minutos antes de se deitar. Estar “desconectada” vai te ajudar a se acalmar e relaxar o suficiente para pegar no sono.

Lidando com a insônia: cuidado com a alimentação

Uma alimentação inadequada também pode provocar insônia. E se você pensa que só evitar o consumo de café a noite já basta, então está enganada. Consumir outros produtos que tem cafeína e estimulantes, como refrigerantes, chá verde e chá preto também podem atrapalhar o seu sono.
A nicotina, presente nos cigarros, também é outro elemento que pode te deixar mais agitada e impedir que você durma bem. E embora muita gente ache que o álcool ajuda a dormir, a verdade é que ele impede que você alcance estágios mais profundos de sono. Ou seja, você pode até dormir, mas não vai descansar adequadamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *