Leila Mendes

Kefir: Saiba seus benefícios e como ele pode te ajudar em uma dieta alimentar

Já ouviu falar em kefir? Sabe o que é? Se você ainda não conhece esse alimento, está na hora de conhecer. Afinal, ele é fruto da fermentação de micro-organismos super benéficos para a saúde que agem como antibióticos naturais, matando as bactérias ruins em nosso organismo e aumentando as boas. Aprenda mais sobre esse alimento aqui e compartilhe também essa ideia.

kefir

Kefir: curiosidade

Antes de entrar de fato nos tipos de kefir e para que servem, vale destacar um ponto muito curioso sobre esse alimento que faz tão bem para a saúde: o kefir não é vendido, mas sim compartilhado. Como isso funciona? Uma pessoa te dá alguns grãos e você os cultiva. Ele então prolifera, fermenta e chega à composição ideal para consumo, sem nunca chegar a um fim.

Tipos de kefir

Existem dois tipos de kefir. Veja:

Kefir de água

Se alimenta de água mineral ou água de coco com açúcar mascavo ou açúcar demerara;

Kefir de leite

O kefir de leite precisa de leite pasteurizado (integral, semidesnatado ou desnatado), leite de coco ou leite de castanha.

 

Kefir: para que serve?

O intestino é composto por bactérias ruins e bactérias boas. Quando ocorre algum desequilíbrio e o número de bactérias ruins fica maior, a saúde é prejudicada. Nada melhor do que o consumo de kefir para melhorar a absorção de glicose, promover uma sensação de bem-estar, ajudar quem tem úlcera e gastrite, aumentar a imunidade e deixar a pele e o cabelo mais bonitos.

 

Kefir de leite: como cultivar em casa?

Tente separar alguns utensílios somente para mexer com o kefir, como, por exemplo: peneira, colher, copo e vidro. Deste modo, você diminui os riscos de contaminação.

– 1 colher de sopa de kefir;

– 1 pote de vidro esterilizado (600ml ou mais);

– 250ml de leite pasteurizado (integral, semidesnatado ou desnatado);

– 1 peneira;

– 1 colher.

Modo de preparo:

Coloque o kefir em um pote de vidro e complete com leite. Cubra então a boca do pote com um papel toalha ou tecido e feche com um elástico. Deixe fermentar de 12h a 24h em uma temperatura aproximadamente de 25ºC. Dica: quando estiver muito frio, coloque o pote dentro de um armário, porém, quando estiver muito quente, coloque na geladeira. Após a fermentação, coe o kefir. Nas primeiras duas vezes que você coar o alimento, esqueça o iogurte (o líquido que se formar), já que a colônia está se autolimpando. Coloque então os grãos da peneira de volta no pote limpo e complete com mais 250ml de leite. Repita o processo por mais 12h a 24h. Na terceira vez, você já pode consumir o iogurte. Ele pode ficar na geladeira por até 7 dias. Importante: não use leite sem lactose, pois o kefir se alimenta justamente da lactose.

 

Kefir de água: como cultivar em casa?

O procedimento é o mesmo do kefir de leite, porém substitua a bebida láctea por água de coco ou água com açúcar mascavo ou demerara.

kefir

Kefir: onde conseguir?

Há inúmeros sites ou redes sociais de pessoas que fazem a doação. Entre e procure, lembrando que o ideal é sempre ganhar o kefir e nunca comprar.

Gostou das dicas? Que tal ver também sugestões de lanches saudáveis? Então dá só uma olhadinha aqui!

Avalie esse conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *