Limpa no guarda-roupa: o que manter no armário e o que passar pra frente

Por: Luana Queiroz
limpa no guarda roupa
Conheça os passos para fazer a sua limpa no guarda-roupa

Começo de ano pede renovação de energias, não é mesmo? E que tal aproveitar esse clima e fazer uma limpa no guarda-roupa?

Organização é essencial para você ter uma visão completa do que tem, do que precisa e do que não precisa. Além disso, praticar o desapego é muito importante para abrir espaço para o novo!

Mas se você acha que essa é uma tarefa muito difícil, saiba que seguir alguns passos pode tornar essa empreitada mais leve e, com certeza, a recompensa final é incrível!

Descubra como fazer uma eficiente limpa no guarda-roupa e como decidir o que manter e o que passar pra frente.

Reserve um tempo

Com bagunça ou sem bagunça, uma arrumação eficiente é feita com calma. Por isso, reserve um dia em que você esteja livre e disposta a iniciar essa jornada.

Por mais que seja uma atividade que dê um pouco de trabalho, deixe a preguiça de lado para olhar, sem pressa, cada uma das suas peças. Com certeza, assim, você fará escolhas melhores. 

Como limpar guarda roupa
É preciso tempo para limpar guarda-roupa

Separe por categorias

Jogar todas as suas peças em cima da cama para começar a limpa no guarda-roupa pode ser um grande choque de realidade e fazer você desistir logo no começo do processo.

Então, uma das maneiras mais fáceis de começar, é encarar o detox no armário por categorias. Ao categorizar (blusas, calças, saias, jaquetas, etc) você vai conseguir avaliar cada uma delas isoladamente (se há mais peças de uma e quase nada de outra) e a composição entre elas (se combinam entre si ou não).

como se desfazer de roupas
Classificando as peças a organização fica mais fácil

Experimente as peças

Essa pode ser uma das etapas que muitas pessoas pulam ou desistem, mas é uma das mais importantes!

De nada adianta ter um monte de peças se elas não cabem, estão estragadas ou não tem a ver com seu estilo. Por isso, experimente cada uma das peças para ter uma visão geral do que você tem, das possíveis combinações e o que realmente deve passar pra frente.

Experimentar roupas
Não pule a etapa de experimentação de peças

Decida o que vai ficar

Depois de categorizar e experimentar as peças, chegou a hora de decidir o que vai voltar para o guarda-roupa.

E uma forma de fazer essa seleção de forma consciente, é escolher as peças que têm a ver e atendem ao seu estilo pessoal e, também, ao seu estilo de vida atualmente, além de peças que combinem entre si.

Arrumação armario
Só fique com peças que sejam funcionais para você

Decida o que vai sair

Se você é daquelas pessoas que têm dificuldade de desapegar e não sabe como se desfazer de roupas, alguns pontos podem te ajudar nessa triagem.

Dispense peças desgastadas e que não tem conserto, as que não servem (tanto em tamanho quanto em estilo), que não foram usadas no último ano, que são repetidas e aquelas que você nem gosta tanto assim.

Como se desfazer de roupas usadas
Desapegue e doe aquilo que não te servem mais

Dica extra: livro e série sobre organização

Se a limpa no guarda-roupa te deixou motivada com o tema “organização”, com certeza você vai esbarrar com um nome que tem sido sinônimo de arrumação: Marie Kondo.

A especialista em organização pessoal, empresária e escritora japonesa é o nome por trás do best-seller “A Mágica da Arrumação”, em que traz o seu famoso método KonMari, que promete eliminar a bagunça da casa de uma vez por todas. 

E para expandir essa imersão, assista a série “Ordem na Casa”, protagonizada por Marie Kondo, que ajuda clientes a colocarem em ordem a casa e a vida.

Aproveite todas as dicas, faça a sua limpa do guarda-roupa e comece esse novo período com o pé direito!

Leia também