Raquel Fialho

Manias com o celular que você deve evitar

Manias com o celular

Você tem alguma mania com o celular? Se tem, deve imaginar (ou não!) que nem sempre isso é bom, né?! Por isso, conheça abaixo as manias mais comuns e saiba como evitar.

Levar o celular para o banheiro

Você costuma levar o celular para ouvir música, assistir filmes, fazer ligação ou mesmo não desgrudar das redes sociais? Hummm, esse ato pode ser prejudicial à saúde física do seu aparelho, viu? Isso porque o vapor da água pode afetá-lo através de pequenas partículas e a consequência pode ser um celular com a saída de áudio e a bateria prejudicadas.
Além disso, um simples descuido pode derrubar o celular no chuveiro ou até mesmo no vaso sanitário.

Comer mexendo no celular

Você é daquelas em que as pessoas precisam cutucar para sair das redes sociais e largar o celular para comer? Se a resposta é sim, provavelmente, você faz parte de uma sociedade viciada na era digital.
Assim como comer assistindo TV, comer mexendo no celular também faz mal à saúde. Afinal, comer olhando para a telinha faz com que você não preste atenção no que está ingerindo, por isso, a sensação de estar satisfeita demora mais para acontecer e, você acaba por ingerir ainda mais comida – ocasionando o aumento de peso. O melhor mesmo é deixar o aparelho de lado e aproveitar cada garfada.

Deixar o Bluetooth ligado

Apesar de parecer inofensivo, o Bluetooth na verdade pode ser bem perigoso. Hoje, diversos aparelhos eletrônicos são conectados a partir do wireless e Bluetooth, mas nem sempre você está segura, isso porque hackers têm mais facilidade em invadir um equipamento e roubar os seus dados.
Para se proteger, o melhor a fazer é baixar um bom antivírus e deixar o Bluetooth sempre desligado quando não for usá-lo.

Não limpá-lo

Você costuma limpar o seu aparelho? Nem que seja com um paninho e álcool?
Pesquisas revelam que um celular é mais sujo que uma tampa de vaso sanitário. Portanto, pense bem antes de sair carregando e em seguida não lavar as mãos ou mesmo deixá-lo na mesa na hora de comer. Assim, você consegue conservá-lo, manter a integridade física do aparelho e ainda evitar doenças perigosas.

Carregá-lo no bolso

Muito difícil de evitar, mas colocando como hábito você consegue.
O celular no bolso pode cair no chão, na privada e em qualquer outro lugar. Além de ser mais fácil de acontecer a queda, quando levamos o aparelho muito próximo do corpo, estamos recebendo maior radiação – o que acaba por fazer mal à saúde.

Uso excessivo

Você já percebeu que o uso do aparelho celular está tomando muito tempo e influenciando nas suas atividades do dia a dia? Bom, se isso acontece provavelmente é porque você está utilizando excessivamente.
Porém, esse uso excessivo pode causar vício, desprender sua atenção do cotidiano e até mesmo causar problemas de saúde como ansiedade, estresse, tensão muscular, insônia e outros.

Uso do celular no volante

Certamente essa é uma mania péssima e perigosa. Além de ser multa falar no celular ou mandar mensagens dirigindo, o motorista também pode perder a atenção e bater o veículo. Portanto, não use o aparelho enquanto dirige.

Mexer no celular antes de dormir

O hábito de mexer no celular antes de dormir pode afetar a visão. Ao mexer no aparelho no escuro, normalmente, um olho fica exposto à luz e o outro tapado pelo travesseiro. Mas o que pouca gente sabe é que esse ato pode ocasionar cegueira repentina e momentânea – e isso pode durar alguns minutos até que o olho que recebeu a luz se adapte ao escuro.

Não usar senhas

Quem é que tem preguiça de colocar a senha do celular toda hora que quer usar? Pois bem, por esse motivo, muita gente acaba por deixar a aparelho livre, leve e solto por aí!
Entretanto, apesar de não parecer, esse é um dos alvos mais eficientes contra hackers e roubo de dados. Sendo assim, não se esqueça da senha de desbloqueio, coloque sempre números diferentes e nada referente a datas de nascimento, idade ou números que remeta a sua vida, ok?!

Esquecer de fazer backup

Perder fotos, dados, aplicativos e mensagens irrita qualquer pessoa, né? Mas, nada melhor do que poder recuperar tudinho depois. Porém, isso só é possível se você tiver um backup. Então sempre faça backup dos seus arquivos. Ahh, mas nada de fazer um por ano, tá? De nada adianta um backup se você não renova ou não o atualiza. Portanto, faça uma transferência de arquivos pelo menos a cada 3 meses para certificar que os seus dados estarão salvos e se perder algo será pouco.

Veja também a doença chamada Nomofobia, medo exagerado de não poder ficar offline

Manias com o celular que você deve evitar
5 (100%) 5 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *