Tayla Pinotti

Maquiagem craquelada? Nada disso! Saiba como dar um fim neste problema

Atire a primeira base quem nunca sentiu a maquiagem pesada, os poros visíveis e a sensação de que a pele está esfarelando por todos os lados. Pois é, este é o temido efeito craquelado! Ele acontece principalmente quando algumas regiões do rosto estão secas, já que toda água presente na make acaba sendo absorvida pela pele. Para eliminar o problema você vai precisar adotar novos hábitos de beleza, a começar pelo cuidado facial. Vem aqui que a gente conta tudo o que precisa ser feito para garantir o visual perfeito.

Lave bem o rosto

Tudo começa por uma boa limpeza! Por isso, escolha um sabonete próprio para a região e que atenda ao seu tipo de pele – seca, mista ou oleosa. O produtinho não só vai ajudar a controlar a oleosidade como vai eliminar partículas de sujeira dos poros, mantendo-os sempre limpos. Quando aplicar, faça movimentos circulares bem suaves para não machucar. Importante: lavar o rosto duas vezes por dia, pela manhã e à noite, já é o suficiente. Mais do que isso pode ocorrer o efeito rebote, ou seja, a pele fica seca e entende que precisa produzir mais óleo. E a ideia não é essa, certo?

Hidrate sempre!

Uma pele bem hidratada não absorve os óleos da make, não deixa os poros dilatados e ainda evita o envelhecimento precoce, isso inclui linhas finas e marcas de expressão. Isso significa também que a base, o pó e o corretivo vão ficar sobre uma superfície saudável e sem risco algum de craquelar. Mas, fique atenta na escolha: pele secas pedem versões um pouco mais densas, já as oleosas – sim, elas precisam de hidratação pois o óleo natural não hidrata – pedem produtos em gel ou com textura mais levinha. Na hora de aplicar não se esqueça da região dos olhos. Por serem mais finas, costumam ressecar mais.

Escolha bem a base e o corretivo

Existem muitas opções no mercado, mas é importante escolher produtos que vão se adaptar melhor a sua pele. As ressecadas precisam de base e corretivo mais oleosos e fluídos, com ingredientes hidratantes e vitaminas. No caso das oleosas, as versões com acabamento mate são perfeitas já que mantém o aspecto sequinho por mais tempo. As mistas podem apostar nas bases e nos corretivos mais fluídos também, basta finalizar com uma camada de pó na zona T, que é onde costuma produzir mais oleosidade.

Acerte no jeito de aplicar os produtos

É normal espalhar a base e o corretivo, mas saiba que isso faz com que eles fiquem acumulados nas linhas do rosto e, com o tempo, o aspecto craquelado vai aparecer. O certo é dar leves batidinhas com a ponta dos dedos até o produto ser absorvido pela pele. Você pode fazer isso com a ajuda das esponjinhas de make, elas são super práticas e ainda tem uma pontinha perfeita para alcançar os cantinhos dos olhos.

Finalize tudo com um pó

Ele ajuda a selar a base e o corretivo, controlando a oleosidade e fazendo com que durem mais tempo na pele. Dica: faça isso logo após a aplicação dos produtinhos para evitar que eles percorrem a pele, acumulando nas linhas finas. Se quiser, pressione um lenço de papel para tirar o excesso de produtos e deixar o rosto bem sequinho.

Tire a maquiagem sempre!

Você já deve ter ouvido que dormir de maquiagem é um erro. É verdade. Ela tapa os poros do rosto, aumentando a oleosidade e prejudicando a respiração da pele. O resultado? Espinhas, perda do brilho, do viço, envelhecimento precoce e até alergias. Por isso, não deixe, mesmo, de tirar a maquiagem com um demaquilante e, em seguida, lavar o rosto, tonificar e hidratar. Se a preguiça for muita, experimente usar água micelar ou lenços demaquilantes, eles são mais práticos e não machucam a pele.

 

Maquiagem craquelada? Nada disso! Saiba como dar um fim neste problema
Avalie esse conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *