Talitha Benjamin

Por que você deveria conhecer o seu corpo (por inteiro!)

Corpo feminino

Não há dúvidas de que o corpo feminino é envolto por polêmicas, tabu, preconceitos e noções erradas. Muito se fala dele, pouco se conhece ou entende, e é por causa dessa ignorância que muitos erros são cometidos, muitos limites são desrespeitados e muitas mulheres vivem uma vida inteira sem, de fato, se conhecerem por inteiras.

Conhecer o próprio corpo é como conhecer a sua própria casa, já que é ele que nasce, vive e morre com você. E isso vai muito além de ler sobre funções fisiológicas ou da masturbação feminina (apesar de essas duas questões serem essenciais para começar a se familiarizar com ele).

A expressão “o corpo fala” não se trata só de como o seu corpo se comunica com os outros, mas também da forma como ele também se comunica com você. Saber interpretar os sinais que ele dá é extremamente importante para a sua saúde, bem-estar e autoestima!

Aqui, reunimos 4 motivos pelos quais conhecer o seu corpo (por inteiro) vai te fazer mais feliz. Confira:

A sua vida sexual vai melhorar…

A sexualidade de uma mulher é repleta de complexidades que vão além de só transar. A orientação sexual, influências da mídia e da pornografia, repressão, preconceitos, religião e tradição familiar são alguns aspectos que influenciam na forma como uma mulher sente e proporciona prazer – e tudo isso reflete no corpo.

Devido à todas essas questões que envolvem a sexualidade, a mulher se torna uma estranha para o próprio corpo. Em muitas mulheres existe o sentimento de vergonha, a ponto de o ato de olhar-se no espelho enquanto está nua e causar certo constrangimento.

Libertar-se disso é um processo que começa a partir do momento em que você passa a estudar o seu corpo como um livro. Use um espelho, conheça cada canto da casa que te carrega todo o dia. Analise também a sua sexualidade. O que te dá tesão, o que te causa repulsa? Como você age com os seus parceiros sexuais e como eles agem com você? Conhecer as suas particularidades, sensibilidades e limites é essencial para ter uma experiência sexual mais completa e prazerosa. Pode ter certeza, sua vida vai mudar!

E a sua saúde também!

Lembra que lá em cima falamos sobre como explorar o seu corpo vai além da sexualidade? Pois é, esse processo também se trata de familiarizar-se com os limites e restrições dele. Prestar mais atenção nos sinais que ele te dá facilita que o reconhecimento de anomalias e reações atípicas, ou seja, sintomas do que pode ser algum problema médico.

Alterações no ciclo menstrual, no funcionamento do intestino e até mesmo problemas psicológicos, são sintomas que se manifestam através do corpo. Prestar atenção e identificar esses sinais é uma questão de sobrevivência!

Você aprende quais são os seus limites (e começa a respeitá-los)

Todas nós temos limites, exceções e situações pelas quais simplesmente não somos obrigadas as nos submeter. Isso também envolve o corpo. A partir do momento em que você o conhece, é muito mais difícil ignorar os exageros.

Por exemplo: para quê exagerar na bebida se você sabe que sua ressaca vai fazer você se arrepender amargamente? Ou para quê se forçar a ir na academia se o seu corpo já está tão esgotado pela correria do dia – e o que ele mais precisa é um jantarzinho leve e uma noite de sono mais longa? É simples, basta se questionar para fazer o que é melhor para você, não o que parece certo ou necessário no momento. Respeitar a si mesma é bom demais!

E consequentemente, para de se cobrar tanto

Justamente por conhecer o seu corpo, você sabe que os padrões e regras sociais não se aplicam a ele. No entanto, aos poucos, você vai aprendendo que o seu templo é muito particular e individual e que, por isso, não pode ser comparado com nenhum outro.

É aí que o seu relacionamento com ele muda: se ele é tão seu, tão adaptado para as suas necessidades, por quê você não deve amá-lo e tratá-lo com todo o carinho do mundo?

Conhecer o próprio corpo, aprender a amá-lo e respeitá-lo não é um processo fácil, muito menos rápido ou linear. Essa, é uma tarefa difícil e muitas vezes as recompensas são difíceis de se enxergar, mas elas estão lá. Com muita dedicação e autocuidado, você passa a viver uma vida que prioriza o seu corpo e o seu bem-estar. Seu corpo é lindo e é todo seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *