Talitha Benjamin

Os benefícios do óleo de rosa mosqueta para a pele e para o cabelo

Aprenda como usar o óleo de rosa mosqueta em sua pele

Os óleos já são considerados grandes aliados do mundo da beleza e, agora, mais um deles está começando a aparecer nas mais diversas recomendações de cuidados estéticos: o óleo de rosa mosqueta. Além de ser fácil de encontrar, ele baratinho, superpoderoso e seus benefícios podem ser sentidos tanto na pele quanto nos fios.

Apesar do nome, o óleo de rosa mosqueta não vem da flor. A sua matéria prima é a planta rosa mosqueta, também conhecida como rosa rubiginosa ou moshata. Ela se desenvolve em temperaturas secas e suas sementes dão origem ao óleo, que é rico em ômega 3, 6 e 9, vitamina C, antioxidantes e antiinflamatórios. Por essa razão, sua ação na pele e no cabelo vão além da estética, pois agem de dentro para fora.

O óleo de rosa mosqueta no cabelo

No cabelo, esse óleo vai proporcionar uma ação muito benéfica de hidratação. Ele vai reparar os fios danificados através de uma profunda reposição dos principais nutrientes que fortalecem o fio, além de agir na reconstrução celular do cabelo, impedindo a oxidação das células. Você pode usá-lo diretamente nos cabelos como uma poderosa umectação, em máscaras com esse ingrediente, ou no creme de rosa mosqueta.

Você pode usá-lo diretamente nos cabelos como uma poderosa umectação, em máscaras com esse ingrediente, ou no creme de rosa mosqueta. O óleo de rosa mosqueta também possui uma poderosa ação antifrizz. Como o seu potencial de hidratação é grande, ele também age para deixar os fios mais alinhados, ao mesmo tempo em que age para reparar e repor os nutrientes.

A dica é acrescentar umas gotinhas do óleo em seu creme de pentear na finalização, assim, você evita o frizz e ainda deixa o produto agindo nas madeixas.

Ó óleo de rosa mosqueta na pele

Assim como no cabelo, a fórmula rica em ácidos graxos e vitaminas da rosa mosqueta são potenciais hidratantes e agem principalmente para combater o ressecamento da pele, beneficiando a barreira lipídica do corpo e do rosto – ou seja, da camada de “gordura boa”.

Além disso, por ser um poderoso antioxidante e anti-inflamatório, o óleo dessa planta é um ótimo cicatrizante, e pode ser utilizado em conjunto com outros tratamentos para remover estrias e celulites, proporcionando ótimos resultados para atenuar a aparência das mesmas. A mesma coisa vale para manchas da pele, incluindo as causadas pela acne.

A grande quantidade de vitamina C presente na rosa mosqueta também é válida de se destacar: a ação antioxidante desse ativo age para reparar os sinais de envelhecimento precoce e ação do tempo na pele, assim como para estimular a produção de colágeno, deixando-a mais firme. E por último, o óleo proporciona hidratação intensa, deixando a pele visivelmente mais viçosa e saudável.

O uso do óleo de rosa mosqueta pode ser realizado tanto in natura, com o produto direto na pele ou no cabelo (através da umectação), ou em máscaras e cremes concentrados. Além disso, se estamos falando do uso no rosto e no corpo, é importante que o seu uso seja acompanhado do protetor solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *