Thauany Lima

Pelo encravado: principais causas e dicas para evitar

Mulher tirando pelo encravado da perna, com pinça

O pelo encravado é um terror na vida de qualquer pessoa. Geralmente, ele aparece por conta de uma inflamação ocasionada pela depilação, seja ela feita por lâmina ou cera.
Tendem a encravar com mais facilidade os pelos da virilha, nuca e barba, pois essas são regiões nas quais a pele dobra com mais facilidade. O aparecimento também é mais comum em quem têm pelos mais grossos e enrolados.
Essas “feridinhas” são dolorosas e incomodam muito, porém é possível evitar que esse mal apareça com prevenções simples e muito cotidianas.
Algumas técnicas podem ajudar a retirar e prevenir os pelos encravados. Separamos as principais e mais usadas dicas para ajudá-los nessa missão complicada e dolorosa. Confira!

O que fazer para evitar os pelos encravados?

Use roupas certas

Geralmente roupas apertadas, principalmente de materiais sintéticos, são péssimas escolhas para quem deseja evitar pelos encravados. Isso porque nas regiões de dobra da pele o tecido irá deixar os pelos mais propícios a encravar.

A depilação

Se você faz o uso frequente de lâmina para a depilação, tente fazer isso sempre com a pele molhada, de preferência durante o banho. No caso dos homens que fazem a barba, a dica é tentar sempre usar loção de barbear ou deixar a pele bem molhada para realizar a retirada dos pelo.

A pinça

A pinça pode ser uma inimiga na hora da depilação, ela pode prejudicar a eliminação dos pelo e aumentar as chances de inflamações e irritações.

Feche sempre os poros

Ao final de cada depilação, é muito importante que os poros sejam fechados, pois quando realizamos o procedimento eles se abrem e isso pode acabar infeccionando e inflamando a pele, caso o fechamento não aconteça. Por isso, é importante sempre depois de cada sessão de depilação, enxaguar a região com água fria. Isso irá ajudar no fechamento dos poros na região depilada e evitará pelos encravados.

O que fazer para retirar os pelos encravados?

Geralmente os pelos encravados somem naturamente, pois o corpo consegue eliminar sozinho essa inflamação. Porém, em alguns casos específicos isso não acontece, e alguns pelos encravados deixam a região da pele escurecida ou até mesmo com cicatrizes.
Existem algumas maneiras de se livrar do fio encravado sem causar mais danos à pele, separamos algumas dicas para ajudá-los.

Pomada para espinha

As pomadas para cuidar de acnes ou espinhas são ótimas opções, pois elas ajudam a desinchar a região, fazendo abrir caminho para que o pelo cresça.

Esfoliação de pele

A esfoliação pode ser feita usado dois ingredientes que todo mundo tem em casa: azeite e açúcar. Faça uma mistura com esses dois ingredientes e esfregue suavemente da região usando uma esponja vegetal. Faça esse procedimento pelo menos duas vezes por semana até retirar todas as células mortas, óleo ou sujeiras que estejam impedindo o pelo de crescer.
Esse tratamento é um dos mais eficazes para tratar o pelo encravado, vale muito a pena testar.

Compressa de água quente

Outra forma de amenizar o incomodo e ajudar o pelo encravado crescer é fazendo compressa de água quente.
Primeiro você vai precisar umedecer uma toalha com água morna e pressionar no local inflamado. Depois, deixe por no mínimo 10 minutos.
Isso ajuda a abrir os poros e amolecer a pele, auxiliando na saída dos pelos.

Agora que já sabemos as principais dicas de como proteger a pele para evitar e tratar o pelo encravado, é hora de colocar em pratica e afastar esse incomodo de uma vez por todas do cotidiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *