Thauany Lima

Entenda porque a palavra “gorda (o)” não é um xingamento e que a gordofobia é, sim, um problema

Gordofobia
Se você é uma pessoa magra, já deve ter ficado constrangida ao se referir a uma pessoa como “gorda”, não é mesmo? Pior que isso, tentar amenizar essa característica física usando um: “gordinha”; “fofinha” ou “cheinha”.
Pois bem, você pode não acreditar, mas a maioria das pessoas gordas tem a consciência do seu peso, por isso não se importam em ser chamadas de “gordas”.
Se referir a uma pessoa “não magra” como gorda, não é xingamento, no entanto, algumas afirmações e comentários podem ser considerados gordofóbicos..
Mesmo inúmeras pessoas achando que gordofobia é “mimimi”, as pessoas gordas sofrem exclusões e preconceitos durante toda sua vida, apenas por não ter o corpo “padrãozinho”, ou seja, magro ou curvilíneo.

O que é gordofobia?

Gordofobia é o preconceito em relação a pessoas “fora dos padrões impostos pela sociedade contemporânea”, ou seja, as que têm a característica física gorda ou “não magras”.
Quando você tem um comportamento gordofóbico, o sentimento de julgamento está sempre presente, na tentativa de ridicularizar, criticar, tentando fazer a pessoa se sentir “anormal”.
Algumas frases e ações podem descrever perfeitamente como a gordofobia faz parte da rotina das pessoas. Confira algumas atitudes intolerantes que afetam as pessoas gordas no dia a dia.

Todo gordo quer emagrecer!

Quando você afirma algo desse tipo, coloca o gordo em uma situação indesejada e de veneração em relação às pessoas magras.
Não são todos os gordos que estão insatisfeitos com a sua característica física, tampouco sonham em ter corpo de modelo.

“Toda gorda tem problema de autoestima”

Não insinua nunca que uma pessoa gorda está infeliz pela sua característica física ou, tente levantar a hipótese que ela está “fingindo” estar feliz, porque é impossível uma pessoa gostar de ser gorda.
Precisamos entender que nem todo mundo liga para estereótipos de beleza ou se importa com a opinião de outras pessoas.

“MAGRAAAA” não é elogio!

Comentar na foto de uma pessoa gorda que ela está magra, como se fosse elogio, é um grande erro que muitas pessoas cometem.
Dependendo do ângulo da foto ou da roupa que a pessoa está usando tem quem se sente no direito de comentar sobre a “possível perda de peso” que essa pessoa teve, sendo que não existiu. No entanto, mesmo se a redução tivesse existido, você precisa entender que ser mais magra ou mais próximo do padrão de beleza estabelecido, não se trata de elogio para a maioria das pessoas que se aceitam como gorda, ok?

Não fique sugerindo comidas light

Uma atitude desagradável e maldosa é ficar sugerindo receitas light para as pessoas gordas, na tentativa de ajudá-la a perder peso.
Se o indivíduo não te pediu ajuda ou indicação de receitas, procure não interferir na alimentação dele, afinal, quem decide e escolhe o que come é ele.
Esses e outros atos são considerados gordofóbicos, no entanto, usar a palavra “gordo” para se referir a pessoas com essa característica física não é ofensa, desde que não seja utilizado de forma depreciativa ou com tom de humilhação.

Entenda porque a palavra “gorda (o)” não é um xingamento e que a gordofobia é, sim, um problema
4.8 (96%) 5 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *