Thauany Lima

Abandone o sedentarismo e os péssimos hábitos alimentares em alguns passos

Abandone o sedentarismo

 

Não é fácil abrir mão do sedentarismo de um dia para o outro, porém, é uma decisão que deve ser adotada o quanto antes.

Segundo pesquisas realizadas pela revista médica Lancet, o sedentarismo é a doença do século, sendo a responsável por 13% das mortes no país, estimulando doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e cânceres.

Os números de óbitos por inatividade e péssima alimentação são alarmantes, considerados os maiores na América Latina.

É possível abandonar os hábitos sedentários em poucos passos, apenas se desprendendo de pequenos vícios do cotidiano. Além disso, é viável ser uma pessoa mais vigorosa sem gastar muito.

Pensando nisso, veja como adquirir uma rotina mais sadia em poucos passos, de acordo com a nutricionista Paula Castilho. Confira!

Como dar o primeiro passo para uma vida saudável?

Abandone o sedentarismo

A alimentação é o ponto de partida para quem deseja começar a ter uma vida mais feliz e duradoura. Porém, esse processo deve ser levado a sério e fazer parte da rotina de toda família.

A nutricionista Paula Castilho explica como funciona o processo de nutrição do corpo e porque ele é tão importante para a família: “A alimentação saudável começa com hábitos alimentares saudáveis, e isso reflete desde o que sua mãe comia antes de você nascer! A correta seleção dos alimentos influencia na manutenção de um peso corpóreo saudável. O papel dos pais nesse sentido é fundamental, pelo ambiente nutricional que proporcionam aos filhos, atuando como modelo de determinados padrões alimentares. Escolhas simples e estratégicas são fundamentais para conquistar a saúde perfeita. Por isso comece trocando as farinhas refinadas por integrais, frituras por preparações assadas, grelhadas ou cozidas. Preferir frutas ao invés de doces e, capriche na salada nas principais refeições do dia”.

Para as pessoas que tem uma vida corrida, o que não pode faltar na alimentação?

Algumas regras na alimentação são significativas para a saúde do corpo. Além disso, quando se come de forma saudável e certa, é possível manter o peso equilibrado.

“Para manter uma alimentação saudável é necessário realizar algumas trocas, como por exemplo, prefira alimentos naturais aos industrializados, substitua os alimentos com gorduras ruins e açúcares por alimentos ricos em vitaminas e minerais. Evite fazer dietas restritivas, pois tendem a dar errado.

Mantenha um equilíbrio na sua alimentação, evitando excessos e fazendo refeições em locais tranquilos. Além disso, consuma bastante água e inclua frutas, verduras, legumes, cereais integrais no seu dia a dia”, explica Paula Castilho.

Viver de regime é saudável?

É muito comum pessoas acima do peso viverem de regime, certo? Porém, até que ponto isso funciona e, é saudável para o corpo?

Conforme explica a nutricionista Paula Castilho, o regime não é a melhor alternativa para se conseguir quilos a menos. “É importante destacar que regime busca um resultado em curto prazo e que muitas vezes assim que é parado de seguir, a pessoa pode voltar a engordar. O ideal é apostar em uma reeducação alimentar com ajuda de um profissional que possa fazer o melhor plano de ataque para você”.

Como se alimentar com saúde e moderação no café da manhã, almoço e janta?

É fácil aderir hábitos saudáveis simples em todas as refeições do dia, além disso, é muito acessível fugir do sedentarismo.

“O café da manhã deve ser rico em fibras e proteína, um exemplo de desjejum saudável é fazer uma vitamina com baixa gordura, leite desnatado, fruta fresca ou congelada e iogurte desnatado. Adicione também uma colher de aveia ou cereal integral para aumento de fibras. Já a segunda principal refeição do dia pode ser o segredo para fugir das tentações. Quando optamos por uma variedade de nutrientes tais como: carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e gorduras ‘boas’, estamos nos prevenindo de um ‘lanchinho’ fora de hora ou de comer por gula. Então, invista em: arroz e feijão, uma carne (branca ou vermelha) e as verduras e legumes de sua preferência. O jantar deve suprir o corpo com os nutrientes que ficaram faltando. Essa refeição prepara o corpo para o sono. Por isso, deve fornecer energia e volume alimentar adequados, evitando sobrecarregar o organismo. Você pode abusar de frutas e verduras para suprir o organismo à noite”, orienta a nutricionista.

Qual a importância dos exercícios físicos?

Assim como a alimentação deve ser equilibrada e variada, os exercícios físicos devem fazer parte da rotina de qualquer pessoa. Eles variam entre: caminhada, natação, pular corda, flexão de braço, agachamento, ioga, entre outros.

Conforme explica Paula Castilho: “Atividade física também é essencial para uma vida saudável, afinal, o corpo precisa manter o metabolismo em atividade para fugir do sedentarismo. Quanto mais sedentário você for, mais lento seu organismo será, o que provoca o envelhecimento precoce do corpo. O ideal para começar é realizar 30 minutos de atividade física por dia, 3 vezes por semana”.

São inúmeros os caminhos para manter uma vida saudável e sem preocupações com a saúde. Porém, é importante lembrar que essas dicas devem fazer parte do dia a dia, e não podem ser abandonadas, afinal de contas, o corpo sempre vai precisar de cuidados.

De acordo com a nutricionista: “alimentação saudável é entendida como aquela que faz bem, promove a saúde e deve ser orientada desde a infância até a idade adulta”, por isso é fundamental desde sempre incluir alimentos ricos em proteínas e vitaminas na refeição dos pequenos.

Agora que já sabe como cuidar da saúde e quais métodos devem ser adotados para alcançar uma vida longa e cheia de energia, comece a recusar os hábitos sedentários que fazem de você uma pessoa menos ativa e com baixa estimativa de vida.

Abandone o sedentarismo e os péssimos hábitos alimentares em alguns passos
Avalie esse conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *