Talitha Benjamin

Saiba tudo sobre a selagem capilar

Selagem Orgânica

Todo mundo sonha com um cabelo bonito e saudável, não é mesmo? Felizmente, para atingir esse resultado, o mundo da beleza conta com inúmeros tratamentos capilares para o cuidado dos fios. Muitos deles, porém, são desconhecidos ou até mesmo confundidos com outros mais populares – é o caso da selagem capilar.

Diariamente, os cabelos sofrem por diversos tipos de danos, como o calor dos aparelhos, perda de nutrientes e ressecamento, especialmente se forem expostos à química. Isso pode resultar em fios fragilizados, opacos e sem vida. Uma das soluções para recuperar a vida das madeixas é a selagem, que, através da queratina, devolve o brilho, maciez e saúde ao cabelo.

O que é a selagem capilar?

A selagem é frequentemente confundida com outros procedimentos capilares, como o botox ou a progressiva. No entanto, é importante destacar que esses são três tratamentos muito distintos. A selagem tem como função principal de (como o próprio nome já diz) selar as cutículas do fio, eliminando a porosidade e protegendo a fibra capilar dos danos externos. É considerado um tratamento de extrema eficácia, já que os benefícios podem ser observados desde a primeira aplicação.

Ao contrário do que muita gente pensa, a selagem não é um tipo de alisante. O que acontece é que, por muitas vezes, ela é realizada juntamente com outro ativo de alisamento, como, por exemplo, o formol e, nestes casos, pode alterar a estrutura dos fios.

Ela pode ser feita por qualquer pessoa, principalmente por quem utilizou química e está com os fios muito danificados. Na fórmula, a queratina fará a maior parte do trabalho, já que ela é a grande responsável por fios alinhados, cheios de vida e com volume reduzido.

A selagem capilar possui química em sua composição?

O principal ativo utilizado nos produtos para selagem é a queratina, uma proteína que está presente naturalmente nos fios, mas que acaba se perdendo por causa de agressões à fibra capilar como o uso de procedimentos químicos, poluição, cloro, radiação solar, entre muitos outros. A selagem é o método perfeito para fazer a reposição dessa proteína.

Como fazer selagem no cabelo?

A frequência necessária da selagem vai depender do estado do cabelo. Em geral, os efeitos da selagem duram por cerca de três meses. Em fios muito danificados, o mais indicado é fazer a reposição da queratina a cada 15 dias.

O ideal é que você realize a selagem com um profissional para que ele realize o teste de mecha, que garante 100% de segurança no procedimento. Caso vá fazer em casa, certifique-se de lavar os fios com um shampoo antirresíduos para garantir a abertura das cutículas.

Em geral, a selagem é feita através de um shampoo, condicionador e ampola, bastando aplicá-los e lavar o cabelo usando o os produtos para selagem. Em seguida, é necessário fazer uso de uma fonte de calor para que esses produtos funcionem no cabelo, que deve ser alisado repetidas vezes com o aparelho.

A selagem capilar é ideal para que cabelos danificados e fragilizados recuperem toda sua vida, maciez e brilho, mas é apenas um dos tratamentos necessários para manter o cabelo saudável. Um dos métodos mais seguros para garantir madeixas belas e saudáveis o tempo inteiro é mantendo um rigoroso cronograma de cuidados, composto por dias alternados de hidratação, nutrição e reconstrução. Dessa forma, o brilho, maciez e saúde do seu cabelo estarão sempre em dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *