Luiza Olinda

Unhas amareladas têm solução: Saiba aqui!

unhas amareladas

Muitas mulheres se preocupam com vários aspectos da beleza: o corpo, os cabelos, a pele e, também, com as unhas.

Mas, além de servirem para serem embelezadas com esmaltes e acessórios, nossas unhas também são elementos que mostram como vai nossa saúde e, por isso, precisamos estar sempre atentas a elas.

Unhas fracas e quebradiças, por exemplo, vão além de um contratempo de beleza, e podem ser alertas para anemia, desnutrição, alterações na tireoide e até má circulação sanguínea.

E quando temos unhas amareladas é sinal de que algo também não vai bem. Vem saber tudo o que você precisa sobre unhas amareladas e conhecer algumas soluções para resolver esse problema.

Unhas amareladas: qual a lógica por trás desse fenômeno?

O natural é que nossas unhas, das mãos e dos pés, sejam sempre transparentes, mas alguns agentes internos e externos podem transformar a cor, textura e até mesmo o formato de nossas unhas.

As unhas são tão suscetíveis a essas mudanças porque são formadas, basicamente, por células mortas do corpo.

As células da pele que morrem nas pontas dos dedos são empurradas para cima, enquanto mais células são produzidas. Com uma camada de queratina e algumas proteínas, esse conjunto de células mortas torna-se mais enrijecido.  

Mesmo mortas, essas células ainda contém um “retrato” do que está acontecendo internamente em nosso sistema, e é por isso que são capazes de denunciar males que estão afetando nosso corpo.

Além disso, as unhas estão em contato direto com o mundo e esse é o motivo pelo qual também podem apresentar mudanças por conta de agentes que estão vindo de fora, e não de dentro do corpo.

As principais causas das unhas amareladas

Agora que você já sabe que as unhas podem ficar amareladas por fatores internos e externos do corpo, vamos ver alguns deles.

Excesso de esmalte:

Felizmente esse é a mais comum -e inofensiva- causa da unha amarelada. Quando você usa esmaltes muito pigmentados com frequência, a unha pode acabar absorvendo parte do pigmento e ficando com o aspecto amarelado.

Anemia:

Um dos principais sintomas da anemia, que normalmente se manifesta quando há falta de ferro no sangue, é deixar a pele amarelada, e o mesmo pode acontecer com as unhas.

Micose:

A micose de unha, também chamada de onicomicose, geralmente é causada por algum tipo de fungo que pode ser adquirido quando andamos sem sapatos em regiões com pouca limpeza ou quando usamos piscinas públicas, por exemplo. Existem diversos tipos de micoses e algumas podem deixar as unhas amareladas e mais espessas.

Nicotina:

Quem fuma também pode começar a perceber que as unhas dos pés e das mãos ficam mais amareladas, quebradiças e fracas graças a nicotina, presente nos cigarros.

Diabetes:

Quem tem diabetes também pode apresentar um amarelamento considerável nas unhas e na pele, graças a ligações entre a glicose e a proteínas presente nas nossas unhas.

Como tirar o amarelado das unhas

A forma de reverter as unhas amarelas depende muito da causa do amarelamento. Quando as unhas mudam de cor por conta dos esmaltes, basta passar alguns dias sem pintar as unhas e começar a usa cores mais claras para que elas voltem ao normal.

Se desejar acelerar o processo, deixar os dedos mergulhados em uma solução de água morna, uma colher de sopa de sal e duas colheres de sopa de água oxigenada volume 10 podem ajudar a neutralizar o amarelado das unhas.

Se o caso é micose, é necessário descobrir qual é o tipo de infecção e adotar um tratamento adequado, que normalmente é feito com remédios específicos para matar o fungo.

Mas quando as unhas amarelas vêm junto com sintomas de doenças mais graves, o ideal é procurar um médico para que ele possa fazer um diagnóstico mais apurado.

Evitando as unhas amareladas

Se as suas unhas não estão amareladas, mas você costuma pintá-las com bastante frequência, há alguns cuidados que podem tomar parar evitar que a coloração mude por conta do excesso de pigmento.

A primeira delas é manter as unhas sempre lixadas e polidas. Muitas vezes, o pigmento é absorvido porque a unha é muito porosa, e mantê-las bem polidas e lisas pode diminuir essa absorção.

Também é sempre bom passar uma camada de base incolor antes de aplicar o esmalte. A base não protege totalmente a unha, mas pode diminuir a absorção do pigmento e diminuir as chances de ter unhas amareladas.

Para evitar as micoses, não ande descalço em ambientes que possam não ter uma higiene adequada e no qual muitas pessoas caminham, como banheiros público e vestiários de piscinas.  

Por fim, fique sempre de olho no que seu corpo tem a te mostrar. Repare quaisquer mudanças nele e faça pelo menos um checkup anual para garantir que está tudo certo com a sua saúde.  

Avalie esse conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *