Raquel Fialho

Vida de casada: 7 coisas que nunca te contaram

vida de casado

Você já deve ter ouvido as pessoas dizerem que a vida de casada é muito diferente do que se imagina, sinto muito, mas elas estavam certas! Mas, calma, não desanime porque no final desse texto você vai descobrir o quanto vale a pena estar casada!

Acordar mal-humorado

Muito comum! Acordar nervosa e mal-humorada é mais comum do que se imagina! E quando se está com alguém, é normal sair descontando por todos os lados. Para tentar driblar essa barreira, procure os pontos positivos da relação para evitar discussões. Antes, quando ocorria uma discussão, cada um iria para sua casa, agora vocês estão sob o mesmo teto, então não há para onde fugir a não ser enfrentar essa situação.

Leia também: Mau humor: Dicas de como reduzir esse problema no dia a dia?

Saudade de sentir saudade

Por isso você não esperava, né? Mas é muito mais comum do que se imagina. Como o casal se vê todos os dias, sentir saudades será algo muito distante da realidade. Mas, calma, não ache que isso será algo negativo, apesar do sentimento de saudade sumir, você verá que estar sempre mais perto de quem a gente ama, será muito melhor.

Coisas de casal: características podem se tornar irritantes

Como o tempo junto será maior, cada um vai começar a perceber os defeitos do outro e, às vezes, até as pequenas coisas parecerão um grande problema. Mas calma, isso aparece porque vocês dois não são iguais e nem precisam ser, ok!? Com o tempo vocês aprenderão a lidar com o jeito um do outro e irão ajustar os defeitos mais irritantes.

Os cuidados com o corpo mudam

Ele está com barriga! E ela não arruma mais o cabelo! Essas e outras diversas situações são um dos principais questionamentos após a vida de casada. Após o casamento, homens e mulheres tendem a perder a preocupação de se cuidar. O que, para alguns, pode ser motivo de brigas no casamento.
Se arrumar e se cuidar faz parte do jogo da sedução. Por isso, quando ainda namorados, é comum o casal buscar confiança na autoestima, mas, após o casamento, essa preocupação acaba ficando um pouco perdida. Para apimentar a relação, que tal caprichar no visual e manter em dia a sensualidade de vez em quando? Nada melhor do que levar um elogio do parceiro (a), né?! Até porque, é importante estar sempre de bem consigo mesma em primeiro lugar!

Leia também: Alimentos funcionais: O que são, para que servem, benefícios e dicas

Um mês de casado: perda de individualidade

No namoro, era comum vocês saírem e curtirem a sós um happy hour com os amigos? Pois é, depois do casamento, esse costume pode se perder.
Aquele futebol com os amigos ou um barzinho no final da tarde pode ser coisa do passado. Isso porque, na vida de casados, esse é um dos motivos para brigas e discussões rotineiras, pois, de repente, o costume que cada um tinha foi parar no espaço!
Agora, a vida de solteira mudou, há casais que prefiram sair apenas acompanhados e outros que gostam de ter um momento com os amigos (as). Porém, o melhor a fazer é conversar com o/a seu/sua companheiro (a) e saber o que o/a chateia, tendo em mente que os dois precisam de tempo e espaço para fazer o que gostam.

Vida de casada: obrigações cotidianas e sociais

Mesmo vocês conversando sobre o que cada um irá fazer no dia a dia da casa, após o casamento, as coisas podem mudar e aquele “mestre cozinheiro” pode ir por água abaixo, seja por compromissos, horário apertado ou a ideia de aproveitar o único momento que tem para descansar. Mas, a única forma de ajustar esses problemas é dialogando e dividindo a tarefas de maneira justa, para que cada um consiga realizá-las.
E claro, existem as obrigações sociais. Se antes você não sentia a obrigação de visitar o tio do (a) seu/sua parceiro (a), por exemplo, ou ele (a) em visitar sua mãe, agora as coisas mudaram e as visitas são inevitáveis.

Vocês serão cobrados

A vida a dois requer muita responsabilidade e cobranças, tanto da parte financeira, quanto da vida pessoal, e essa cobrança virá de todos os lados.
“O que é meu, é seu, é nosso”. Na vida a dois, essa é uma regra importantíssima, pois, ambos terão que se ajudar, seja para pagar as dívidas, fazer compras ou limpar a casa. Além disso, cobranças da família e amigos referente às crianças vão surgir. Depois de anos de relacionamento surgiram questionamentos sobre o casamento, não é mesmo!? Agora, já casados, a pergunta que vai surgir é sobre os filhos! Pois é… Então, prepare-se, vocês serão metralhados por esses tipos de perguntas.
A vida de solteira é boa sim, mas a vida de casada pode ser tão incrível quanto! Além dos problemas diários que você convive o tempo todo, ainda existem muitos pontos positivos que vão te fazer agradecer a todo o momento por estar com aquela pessoa!

Leia também: Responsabilidade Emocional: Saiba o que é, por que ter e como praticar

A parceria é a melhor parte! Quando existe diálogo, tudo fica mais fácil e os problemas logo se acertam! Vocês aprendem a todo momento e quando estão separados ou mesmo longe vão ver o quanto sentem a falta um do outro.
Resumindo, a vida de casada pode até ser difícil às vezes, mas quando se ama, vale a pena cada detalhe, mesmo os mais chatinhos. Pode crer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *